O essencial de Vancouver

Vancouver, localizada no extremo oeste do Canadá – esse país que tem a melhor reputação do mundo – fica à beira mar e é cercada por muito verde e montanhas nevadas. É de uma beleza natural que até assusta. Daquele tipo de coisa que você precisa de um tempinho para se acostumar… talvez por isso muitos brasileiros têm escolhido Vancouver para estudar, trabalhar e até morar.

Vancouver | Canadá | Cidade linda e cara

Os muitos parques, as praias, os pontos de recreação e os inúmeros restaurantes fazem de Vancouver uma das melhores cidades do mundo para se viver. Mas se eu pudesse resumir em duas palavras, eu escolheria as seguintes: linda e cara! Já andei um pouquinho e nada me assustou tanto quanto o Canadá. Em alguns momentos eu tinha até medo de perguntar os preços, pois sempre era algo escandaloso. Mas isso não tira o brilho da cidade e o simples fato de os canadenses serem um dos povos mais simpáticos e atenciosos que já encontrei, já supera o fator “preços elevados”.

Vancouver | Canadá | Qualidade de Vida

E antes de começar essa série sobre Vancouver e os arredores gostaria de ressaltar alguns pontos que podem ser importantes para quem está programando uma viagem ao Canadá:

Transporte Público

Tem ônibus, metrô de superfície e barco. Todos são meios de transporte eficientes e práticos e funcionam perfeitamente. Só acho que deixam a desejar quando o assunto são os ônibus noturnos. Acredito que seja uma questão de costume, mas eles mudam as rotas depois de certo horário e limitam muito as linhas.

Influência oriental

Os orientais estão por todos os lados em Vancouver e a maior parte é de chineses. A cultura asiática é comum em mercados, feiras, shoppings e em algumas regiões da cidade o mandarim funciona como segundo idioma. São tantos chineses, japoneses e coreanos que as vezes você se pergunta se está mesmo no Canadá.

Vancouver | Canadá | Influência oriental

Culinária italiana

Como outras tantas grandes cidades, Vancouver é multicultural. Mas além da cultura asiática, a italiana também é forte, principalmente na culinária. Então saiba que dificilmente você passará fome, porque sempre terá um ótimo restaurante italiano para salvar sua refeição e o seu bolso.

Alta concentração de mendigos

Escrevi um post específico para explicar o porquê, mas fique ciente disso. Não é porque é 1º mundo que não tem problemas sociais. Algumas ruas de Vancouver são tomadas por mendigos. A boa notícia é que eles costumam ser inofensivos.

Vancouver | Canadá | Mendigos

Maconha é ilegal

Chegando lá você pode até se confundir, mas é bom deixar claro… a maconha não é legalizada no país. Você vai ver gente fumando sem cerimônia, vai ver lojas com produtos e altos grafites pregando o uso da erva. Mas não se iluda. Ela continua ilegal. A polícia apenas faz vista grossa e pouco se importa se você fuma ou não. Mas vai querer arriscar e ser expulso do país?

Chove muito

Em Vancouver chove o ano todo e, não à toa, a cidade tem o apelido de Raincouver. Mas não se desespere, porque é aquela garoa fina. Não é comum ter chuvas fortes. Tanto que a maioria dos canadenses nem se dão o trabalho de abrir um guarda chuva.

Passeios nas proximidades

Estando em Vancouver você tem como boas opções de passeio as cidades de Victoria, Whistler, Seattle (EUA), Tofino e as montanhas rochosas.

Vancouver | Canadá | Victória

Saiba economizar

A cidade é cara e todo o cuidado para não estourar o orçamento é pouco. Então, pegue dicas com os que já estão na cidade há algum tempo e não perca tempo em lugares que você não conhece. Sempre tem um lugar com preços mais honestos. Aos poucos faço uma lista de algumas boas opções.

Ficha técnica

Moeda: Dólar canadense
Horário: 4 horas a menos (horário de Brasília)
Idioma: Inglês (E não se empolgue em falar frânces. Mais fácil achar alguém que fale chinês)
Melhor época para visitar: entre abril e outubro (verão, primavera e outono)
Vacina: não exigem nenhuma
Visto: Existe o de entrada única (válido por seis meses), o de múltiplas entradas (válido por três anos) e o de trânsito (que vale por 48 horas).

Vancouver | Canadá

 

Informações adicionais

Esse post faz parte da série “O essencial de Vancouver“. Não deixe de visitar os demais artigos publicados:

Nosso Roteiro: Vancouver

Deep cove: Um dos lugares mais lindos de Vancouver

Capilano Suspension Bridge

Que tal experimentar um japadog?

O Aquário de Vancouver e suas 70 mil espécies

Os mendigos de Vancouver

Visitando o Stanley Park

O charme europeu de Gastown

Como usar o transporte público de Vancouver

Visitando Granville Island

Como ir do Aeroporto ao Centro de Vancouver

Qual a melhor época para ir a Vancouver

Pacotes All Inclusive - Com tudo incluso é muito mais gostoso!
Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Pingback: Deep cove: Um dos lugares mais lindos de Vancouver

  2. Pingback: Vancouver: Capilano Suspension Bridge

  3. Pingback: Vancouver: Que tal experimentar um japadog?

  4. Pingback: O Aquário de Vancouver e suas 70 mil espécies

  5. Pingback: Os mendigos de Vancouver

  6. Pingback: Vancouver: Visitando o Stanley Park

  7. Pingback: Vancouver: o charme europeu de Gastown

  8. Pingback: Como usar o transporte público de Vancouver

  9. Sem contar os inúmeros Brewpubs (os que fabricam a própria cerveja) que podem ser encontrados por lá. Vancouver é sem dúvida uma cidade fantástica.

  10. Pingback: Vancouver: qual a melhor época?

  11. Pingback: Vancouver: Visitando Granville Island

  12. Bruna
    16 nov 2016

    Ótimo blog. adorei.
    aguardando o post que lista as boas opções de lojas com bons preços 🙂

  13. Você ficou aborrecido por causa da incidência de pessoas com traços orientais em Vancouver???
    WTF, man?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *