Vancouver: Visitando o Stanley Park

A primeira coisa que quis visitar em Vancouver foi o Stanley Park, mas logo ao chegar na entrada, fiquei meio perdida. São 400 hectares de parque e uma só voltinha ao redor da área são quase 10km de percurso.

Stanley Park | Vancouver | Vista para a ponte

Para completar a definição em números é bom destacar que no Stanley Park existem mais de 4 mil roseiras, 22 monumentos históricos, nove totens e três praias. Para conhecer a principal atração de Vancouver a minha dica é: escolha bem o tênis e reserve um dia inteiro.

Stanley Park | Vancouver | Monumentos

A pé, de bicicleta, patins, ônibus, trenzinho ou charrete… qualquer uma das opções lhe tomará tempo, afinal o Stanley Park é formado por uma extensa área verde com árvores e flores das mais diversas, cercado por praias e incrementado com uma variedade de monumentos culturais. Confie em mim… você vai querer se perder lá dentro. É o ponto de encontro dos amantes da prática esportiva e refúgio daqueles que querem apenas sombra, água fresca e um lugar para relaxar. Tem espaço para todos.

Stanley Park | Vancouver | Passeio de Bicicleta

Para os dias mais quentes, nada melhor que pegar uma praia. O mais famoso pôr do sol canadense pode ser visto na English Bay, no final do parque. Na Second Beach, há ainda a opção da piscina aquecida aberta de maio a setembro. Para entrar é preciso pagar pelo ticket que custa CA$ 8. Outro detalhe que atrai muitos turistas ao Stanley Park são os totens feitos no século passado em troncos de cedro vermelho e que ficam no Brockton Point.

Stanley Park | Vancouver | As praias

Outro ótimo atrativo do parque são os shows e exposições diversas. Sempre tem algo acontecendo no parque. Ás vezes uma banda tocando, outras vezes pintores expondo seus quadros. E se bater fome, vai encontrar lanchonetes e restaurantes em diversos pontos.

Stanley Park | Vancouver | Banda tocando

Como explorar

Andar sem rumo não ajuda muito, pois o parque é realmente muito grande. Explorar a pé é opção apenas para os mais esportistas ou para aqueles que já conhecem a área. Se não é o seu caso, escolha uma das opções abaixo:

Bicicleta

De maneira geral, os moradores de Vancouver utilizam muito a bicicleta como meio de transporte. Na primavera e verão é quase que o “veículo” principal. No parque não é diferente. O patins também são bem comuns na área. A trilha principal, que dá a volta no parque, tem cerca de 9 km e passa por paredões de pedra, praia e mata. Se você não está com a sua bicicleta, pode alugar uma. Bem próxima à entrada há uma locadora, a Spokes, na esquina entre a Georgia e a Denman Street.

Stanley Park | Vancouver | Passeio de Bicicleta

Trenzinho

Nos meses de primavera e verão, a empresa Vancouver Trolley Company oferece um tour em uma espécie de jardineira, um trenzinho estilizado de São Francisco. Eu escolhi essa opção para explorar o parque. O passeio é narrado pelos próprios motoristas, que são profundos conhecedores da cidade. O veículo tem sete paradas dentro do parque e outras oito nas imediações, nas principais atrações do centro de Vancouver.

Stanley Park | Vancouver | Trenzinho

Com o ticket, você pode subir e descer quantas vezes quiser, mas é bom ficar atento aos horários que costumam mudar dependendo de cada estação do ano. O ticket para um dia custa CA$ 40 e para dois dias CA$ 45 e pode ser comprado em quiosques próximos às paradas ou ainda com o motorista. Há duas rotas distintas: as linhas azul e vermelha. Dentro do parque o trajeto é o mesmo, mas no centro, fazem percursos distintos.

Carruagem

A carruagem puxada por cavalos também tem narração do guia, mas só anda (e lentamente) dentro do parque. O tour dura uma hora e não é feito no inverno. Custa CA$ 32 para adultos e CA$ 17 para crianças a partir de três anos.

Ônibus

Opção não muito agradável para os meses de calor, o ônibus é a melhor pedida para o inverno. Os preços variam, pois os passeios no parque são combinados com outras atrações.

Como chegar

Se está de carro, basta seguir as placas na Georgia Street. O parque fica à direita e é bom lembrar que o estacionamento em todo o parque é pago. De ônibus, pegue qualquer um que vai para West Vancouver.

Stanley Park | Vancouver | Vista para as montanhas

Informações adicionais

Esse post faz parte da série “O essencial de Vancouver“. Não deixe de visitar os demais artigos publicados até então:

O essencial de Vancouver

Deep cove: Um dos lugares mais lindos de Vancouver

Capilano Suspension Bridge

Que tal experimentar um japadog?

O Aquário de Vancouver e suas 70 mil espécies

Os mendigos de Vancouver


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog


Cupom de 15% de desconto no Seguro Viagem

Nenhum Comentário para "Vancouver: Visitando o Stanley Park"

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório