Vancouver: o charme europeu de Gastown

Eu pouco havia lido sobre Gastown antes de chegar naquele bairro, mas a primeira coisa que reparei foi justamente na semelhança com as cidades européias, mais especificamente, Londres. A rua com calçamento de cerâmica, os prédios de tijolinhos, o estilo das construções e aquele ambiente acolhedor te transportam do centro de Vancouver para os bairros mais fofos da capital inglesa.

Vancouver | Gastown

Gastown é o lugar ideal para tomar um café com amigos ou mesmo almoçar e jantar. Alguns dos melhores (ou mais famosos) restaurantes de Vancouver estão em Gastown, é o caso do Old Spaghet Factory, restaurante italiano bom e barato e que está sempre lotado.  É também um bairro bem lembrado por quem busca boas lojas de souvernirs, com todo e qualquer tipo de badulaque.

Vancouver | Gastown | Gassy Jack

Gastown é uma das regiões mais antigas de VancouverO bairro começou em 1867, quando um marinheiro chamado Gassy abriu uma barbearia no local. Hoje há, inclusive, uma estátua dele, onde muitos turistas tiram fotos. Mas a atração principal de Gastown é o relógio a vapor, também conhecido como Steam Clock. O apito pode ser ouvido de longe, seguido por uma música suave e o vapor. De 15 em 15 minutos tudo se repete na esquina entre as ruas Cambie e Water. Como se não bastasse a semelhança com os ares londrinos, o relógio lembra ainda o famoso Big Ben (guardadas as devidas proporções).

Vancouver | Gastown | Steam Clock

Mas, na minha opinião, o prédio mais charmoso de Gastown é o Triangular Building, um edifício de seis andares construído em 1909, onde funcionava o Hotel Europe e que serviu de cenário para o filme A Troca (The Changeling).

Vancouver | Gastown | Triangular Building

Informações adicionais

Esse post faz parte da série “O essencial de Vancouver“. Não deixe de visitar os demais artigos publicados até então:

O essencial de Vancouver

Deep cove: Um dos lugares mais lindos de Vancouver

Capilano Suspension Bridge

Que tal experimentar um japadog?

O Aquário de Vancouver e suas 70 mil espécies

Os mendigos de Vancouver

Visitando o Stanley Park

Nosso Roteiro: Vancouver

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Pingback: Nosso Roteiro: Vancouver

  2. Pingback: Nosso Roteiro: Victoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *