Um dia no Valle Nevado

Como o nosso primeiro tour no Chile foi bem tradicional e clichezão, não poderíamos deixar de ir a mais famosa e badalada estação de esqui do Chile, o Valle Nevado.

Mas na noite anterior chegamos a cogitar mudar os planos. Fomos buscar estações menos badaladas e mais baratas, pois ficamos assustados com o que teríamos que desembolsar para brincar por um dia na neve. E nas dicas que colhemos na viajosfera, decidimos ir a Farellones. Mas quando fomos contratar o nosso transfer, veio a informação de que a estação estava fechada. E sabem por qual motivo? Falta de… tchan tchan tchan.. NEVE!

Enfim, voltamos ao plano inicial e lá fomos nós para um bate-volta ao Valle Nevado. No fim das contas, pegamos um dia de muuuuita neve!

Como ir

O Valle Nevado fica localizado no alto da Cordilheira dos Andes, a 60 km de Santiago. Para ir até lá, contratamos o transfer do Francisco Troncoso, que foi indicado pelo administrador do nosso flat. O Francisco, além de 3 celulares de operadoras distintas e que tocam alternadamente a todo momento (Um deles: 9 943 3773 e o Nextel: 56*131*1030), tem uma van para transporte de turistas. Ele nos levou e ficou a nossa disposição durante todo o dia pela bagatela de 120 mil pesos chilenos. O que dá aproximadamente 480 reais. Como estávamos em 5, a facada foi menos dolorosa.

Não recomendo a ninguém alugar carro e ir por conta própria, exceto se você tem experiência em dirigir na neve e com correntes. O que inclui também a experiência com a instalação delas. Imagino que a tarefa seja bem ordinária, pois vimos vários carros parados e seus motoristas sofrendo bastante para colocá-las.

A estrada é cheia de curvas. Se você é de enjoar, melhor ir preparado com dramins e saquinhos de indisposição alimentar (roube-os no voo de ida :P). E outra coisa, o Valle Nevado fica a 3000 metros de altitude. Uma das dicas que demos sobre o Peru, servem também para o Valle Nevado. Não vá ingerir bebidas alcóolicas pelo caminho e nem exagere nos bares e restaurantes de lá. A altitude potencializa o álcool e com poucas doses você já irá receber o espírito do Jeremias.. iei iei iei.

Roupas e Equipamentos

Como já tínhamos lido as dicas do Nós no Mundo sobre o dilema de alugar ou comprar roupas de neve, fomos melhor preparados. A dica central é se vestir em 3 camadas, já ir do Brasil com as duas primeiras e alugar a terceira e os equipamentos no Chile.

Já saímos do Brasil com a primeira camada de roupa, que são aquelas vestimentas que ficam justas no corpo, feitas de um tecido fino, sintético e térmico, que ajudam a manter o corpo aquecido. São ótimas não só para os dias de neve, mas para os dias de frio rigoroso também, principalmente na hora de dormir. Essas peças são facilmente encontradas em lojas como a Hering e Scala.

Para a segunda camada, você pode usar um casacão polar mesmo, daqueles dupla face mas que não são volumosos, feitos com material que ajudam a reter o calor do corpo. Se você já tem um desse em casa, pode levar e usar. Caso contrário, pode comprar em Santiago mesmo. A cidade é cheia de lojas de departamento que têm ótimos preços para roupas de inverno.

Já a terceira camada, exceto se você pretende esquiar com frequência, o ideal é alugar. Essa camada é a impermeável, a que no final de tudo te “plastifica” e não permite que o vento e a água entrem.

Acessórios como luvas e gorros, por questões de higiene, sugiro não alugar. Por mais que ofereçam. São acessórios baratos e, por isso, leve de casa ou adquira por lá em qualquer loja de esportes ou departamento. Não esqueça também de comprar meias térmicas em quantidade proporcional a sensibilidade dos seus pés ao frio. Se foi ao Peru e comprou meias de alpaca/lhama, tá aí uma boa bora de tirá-las da gaveta.

Óculos de neve são essenciais e existem os apropriados para a prática de esqui. São fáceis de encontrar para comprar em Santiago. Mas se não quiser gastar, os seus óculos de sol comum já atendem.

Decidimos não alugar botas de neve. Optamos por ficar o tempo todo com a bota do esqui. Mas recomendo fortemente que você alugue, principalmente caso você desista de esquiar, ou até mesmo para descanso após uma longa jornada esquiando. As botas de esqui são pesadas e muuuito desconfortáveis. Não dá pra ficar caminhando muito tempo com elas nos pés.

Onde alugar?

Alugamos as roupas e os equipamentos na Ski Cheap, que foi indicação do motorista do nosso transfer, o Francisco. A loja fica em Santiago, na avenida Las Condes e promete alugueis mais baratos e voltados ao público brasileiro. Quem nos atendeu foi o simpático Inácio, que disse que poderíamos chamá-lo de Lula. Ele já morou no Brasil e fala bem o português.

O custo da locação de roupas de neve varia de acordo com a quantidade de peças, mas a média é de 7 mil pesos chilenos (28 reais) por cada uma (calça, sapato, bota, casaco..) que você levar.

Já o equipamento de esqui completo sai por 16 mil pesos chilenos (64 reais).

E não espere encontrar nada de muita qualidade nas roupas da Ski Cheap. E se você for grande, prepare-se para ficar bem mal vestido. Os tamanhos maiores são os mais feios e desengonçados. No meu corpo ou ficavam curtos ou exageradamente largos. Me senti um boneco da Michellin. Já no da Polliana, as roupas ficaram até legais.

Ski for beginners

Na Ski Cheap, o Inácio percebendo que a maioria de nós éramos inexperientes na prática do esporte, ofereceu para ir conosco e nos dar uma aula inicial ao custo de 25 mil pesos por pessoa. Achamos caro e não aceitamos. Quando já estávamos de partida, outro atendente nos ofereceu por 15 mil pesos. Aceitamos e lá foi o Jámon conosco.

Ele foi até um determinado ponto, onde é comum motoristas pararem para colocar correntes. Nesse local tem um terreno pouco íngreme e onde os instrutores aproveitam para ministrar suas aulinhas para turistas inexperientes como nós. Mas não éramos os únicos.

Do nosso grupo de 5, somente eu, Polliana e Gilbert topamos as aulinhas. Rodrigo e Analice já desistiram ali mesmo. E foi ai que eu percebi que esse negócio de esquiar não é comigo.

A conclusão que eu chego: Se você nunca foi bom em esporte algum, não sabe andar de skate, nunca surfou, sempre foi desengonçado e era o último a ser escolhido nas peladas de futebol com os amigos, ESQUEÇA! Economize o aluguel dos equipamentos e vá só para brincar de fazer bonecos de neve. Porque olha, ô negócio difícil!

Já disse que a roupa era um desconforto só, agora imaginem depois de colocar uma bota pesadíssima de esqui, que me fazia andar como um robocop. Imaginaram? Então, eis O DESCONFORTO em pessoa. Fiquei extremamente mal humorado e irritado, e a situação só piorava com o Jámon gritando o tempo todo comigo “en paralelo, Marcelo! En paralelo!

Desisti ali mesmo, depois de 15 minutos de aula e com uma vontade absurda de voar no pescoço do Jámon arrancar aquelas botas. Mas né.. optei em não alugar uma bota de neve, já que imaginei que ficaria o dia todo bem feliz e esquiando.

Polliana já havia esquiado antes e foi super bem nas aulinhas. Mas acabou ficando cansada e optou em não descer o Valle Nevado. Já o Gilbert, como bom triatleta, fez tudo bonitinho e esquiou como manda o figurino. E ainda saiu dizendo que foi uma das melhores experiências de sua vida. Nesse momento, bateu um pouquinho de arrependimento por não ter insistindo um pouco mais. Enfim..

Quanto custa

Para passar o dia no Valle Nevado, em alta temporada, o ingresso custa 39 mil pesos chilenos (+/- 156 reais). Se chegar já no período da tarde, pode optar em pagar o ingresso de meio dia, mas a diferença não é tão grande: 34,5 mil pesos chilenos (+/- 138 reais).

Estudantes têm desconto, mas só até 24 anos. Crianças de até 11 anos, adultos maiores de 65 e clientes Itaú também. Consulte os valores no site do Valle Nevado.

Baseado nessa experiência, fazendo uma conta simples com todos os custos de transfer ($CL 24.000), aluguel de roupas ($CL 21.000), equipamentos ($CL 16.000), aulinha inicial ($CL 15.000) e ticket de entrada ($CL 39.000) e mais uma refeição simples no restaurante da estação ($CL 10.000), estimo um custo de 125 mil pesos chilenos por pessoa para passar o dia no Valle Nevado, ou seja, +/- 500 reais. Não é nada barato, mas vale muito pela diversão e experiência.

Vídeo: Nevasca!

Para fechar esse relato, um vídeo que mostra um pouco da nevasca que pegamos e suas consequências. Mas quem disse que estávamos preocupados com isso? 🙂


Leia mais sobre o Chile

Gostou deste post? Não deixe de ler os demais artigos publicados aqui no blog sobre a nossa viagem ao Chile.

Um City Tour circular por Santiago

Uma visita a vinícola Concha Y Toro

Como ir do aeroporto ao centro de Santiago

Dica de restaurante próximo a Concha Y Toro

As cinco coisas que não gostei no Chile

Um passeio à Valparaíso e Viña Del Mar

Hospedando em um apartamento em Santiago pelo preço de hostel


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog

 

57 Comentários para "Um dia no Valle Nevado"

  1. Boa tarde,

    Gostaria de saber qual a melhor opção de passeio bate e volta para uma estação de esqui no Chile. Será no início de novembro. Portillo ou Valle Nevado?

    Obrigada.

  2. Mas o que fazer no Valle Nevado fora de temporada? Porque Portillo tem aquele lago lindo… Minha duvida é em relacao as atracoes. Obrigada pelo retorno e dicas!

    • Oi, Mariana… agora que fui ver que você vai em Novembro. Desculpe a bobeira. Então… o Valle Nevado tem uma programação de verão… trekking, tirolesa, cavalgada…essas coisas. No site eles explicam melhor. –http://www.vallenevado.com/pt/atividades-verano/ Nessa época, em Portillo ainda será possível ver o topo das montanhas com neve. Já vi fotos e é realmente incrível.

  3. Sandra disse:

    Existe algum lugar que pode-se deixar os pertences neste passeio?
    Tipo bolsa/mochila, tênis e afins.

  4. Paulo disse:

    Olá, boa noite!

    Estou indo eu e mais uma pessoa ao CL, mas vamos passar apenas 3 dias e queria ao menos ir 1 dia ao valle nevado.
    Vocês acham que vale a pena, vamos fazer um passeio caro para 1 dia e duas pessoas??

    obrigado pelas dicas.

    • Marcelo Lemos disse:

      Seu passeio é bem corrido, Paulo.
      Eu deixaria esses três dias só para explorar pSantiago e guardaria o Valle Nevado e os arredores como Valparaiso e Viña Del Mar para outra oportunidade.

  5. Diogo Taboada disse:

    Boa tarde, ficarei em santiago e no atacama 15 dias, será que da pra ir um dia no valle nevado, só pra conhecer e voltar no mesmo? ou então ficar uma noite?

  6. Newton disse:

    Olá Marcelo! Irei com minha esposa e minha cunhada. Temos entre 60/70 anos e não pretendenos esquiar mas sim conheçer o local e almoçarmos por lá e retornarmos à Santiago perto das 17h. Quais são as suas dicas! Obrigado!

    • Marcelo Lemos disse:

      Newton,
      minha dica é não deixar de contratar um translado. Nem pensem em alugar um carro e ir só vocês três.
      Mesmo não esquiando, recomendo que vocês vão com roupa apropriada para a neve. Aqui nesse post mesmo dou as dicas de como se vestir em camadas.
      E como vcs não vão esquiar, vocês podem ficar no restaurante, comendo muito bem e tomando um bom vinho. Que foi o que eu fiz! 😀
      Pegue uma mesa de frente para a janela e fique contemplando o visual do Valle.. todo branquinho! É lindo! 😉
      Obrigado pela visita!

  7. Rosane disse:

    Estamos no Chile e gostaríamos de saber se vocês tem o telefone do Francisco ou alguma forma de encontra-lo, pois todos os transferes que encontramos estão muito caros!

    • Rosane, vai desculpando aí, mas a gente jurava que o cartão do Francisco estava aqui no post. Como não consegui achá-lo agora, vou te passar o telefone do pessoal que me indicou o trabalho do Francisco, tá? +56026383905
      São os que administram os apartamentos onde ficamos. Lembro que na época falei com o Nicholas, mas pode não ser ele que atende na hora.
      Qualquer coisa, nos avise aqui.

    • Ney disse:

      Olá estou me preparando para ir ao chile para o El Colorado o transfer custa 2000clp.
      No entanto vc deve ir até a loja segue o end e tel.

      Si deseas contactarnos, puedes escribirnos a ski@elcolorado.cl o llamarnos a nuestro teléfono (56 2)
      2 88 99 200
      Dirección Nevería 4680, Las Condes, Santiago, Chile

      Call Center: (56-2)
      355 77 22
      Teléfono: (56 2)
      889 92 00

  8. Michelle disse:

    oi Marcelo, estou no Chile com meu marido e estou morrendo de rir dos seus comentários sobre o Valle Nevado…Ontem fomos tentar esquiar e a sensação de desconforto e incômodo foi a mesma…mas o ponto alto do mau humor foi o professor gritando com a gente: en parejas!!! como esse negócio é difícil…nos sentimos igual a você, uma roupa mega desconfortável, botas pesadíssimas e toda aquela parafernália de esqui e bastonetes que não são nada leves…mas, enfim, saímos tb com a sensação de que foi uma experiência bem legal e diferente (e única)…recomendo a todos que queiram conhecer a neve e que estejam com paciência rsrs mas o passeio vale a pena!!enfim, ao ler seu post, senti que precisava compartilhar nossa experiência que foi muito parecida!! bjs e parabéns pelo seu blog!!

    • Marcelo Lemos disse:

      Michelle, seu comentário me fez ler o post para relembrar esse momento. E me peguei chorando de rir tb. hahaha
      Continuo com muito ódio daquele Jamon. Isso prq nem contei no post que ele ainda comeu de enxerido uns muffins que eu levava na van e me fez perder um cachecol que usei pela primeira e única vez. 😀
      E vc tem razão, esquiar é uma experiência única.. mesmo que por poucos minutos! hahahaha
      Mas ainda volto ao Valle Nevado pra descer a pista mais radical. É questão de honra! 😀

  9. Tati disse:

    olá Marcelo e Polliana,
    vou ao Valle Nevado com meu marido e minha filha de 7 anos, mas não queremos esquiar, somente conhecer e ir no restaurante ou no máximo seguir a dica fazendo boneco de neve hehehe,
    sabem me dizer como funciona pago a entrada igual ou só paga quem vai esquiar.
    amei o blog e obrigada pelas dicas.

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Tati!
      O pagamento é para quem vai para as pistas. Do lado de fora, você pode ficar sem pagar, que foi o que eu fiz.. hehehe.
      E no caminho, se você der sorte como a gente deu, ainda vai encontrar vários locais amplos com muita neve e que dá pra brincar de fazer anjinho e boneco! 😀
      Só pedir pro motorista do seu transfer parar.
      Obrigado pela visita!

  10. Vanessa Aquino disse:

    Ola adorei as dicas, estou indo agora em outubro entre 14 e 21 com meu marido e filha de 3 anos, sera que vamos conseguir ver alguma neve, nao para esquiar, pq nao sou nada esportista hihi, mais para mostrar a neve a minha filha!
    Obrigada pelas dicas!!!

    • Oi, Vanessa! A temporada de esqui costuma ir até o início de outubro. Mas se você quer apenas ver a neve, pode ficar tranquila que terá alguns flocos ainda. 🙂
      Obrigada pela visita!

  11. ernani disse:

    parceiro quero ir ao valle nevado em 2014 , mas as informações já me ajudarão a decidir ,obrigado..

  12. Andreia Santos disse:

    Adorei os seu comentários sobre o Valle Nevado e aproveito para tirar uma dúvida… Irei em 15 novembro e tenho duvidas se terá neve, nao pretendo esquiar mesmo, mas, gostaria de saber se terá pelo menos alguma neve… tipo flocos … rsrs

  13. Marcia Alvarenga disse:

    Ei pessoal! Pretendo ir ao Chile em out/14 e já comecei a pesquisar sobre os passeios. Mas qdo clico em “Hospedando em um apartamento…” cai no post sobre o Vale Nevado!! Poderiam me ajudar? Obrigada… Aguardo…

  14. Kelly disse:

    Olá Marcelo,

    Estou querendo ir ao Chile em setembro e gosaria de ir ao Valle Nevado, mas não tenho jeito nenhum para esportes e nem quero me arriscar a quebrar uma perna rsrsr vi em um dos seus comentários que tem como ficar na parte dos restaurantes sem pagar pela entrada das pistas… mas perto dos restauranes tem neve??? ou somente a vista? Estava planejando um passeio de meio dia, já que não vou praticar o esporte… o que acha? e aproveito para fazer mais uma pergunta… em um site de venda de pacotes eu encontrei um passei (excursão em ônibus panorâmico por Santiago) é um ticket para um ônibus de dois andares que passa por alguns pontos turísticos no centro de Santiago e você tem a opção de descer do ônibus, visitar o local e pegar o próximo ônibus (eles passam de 30 em 30 min segundo a informação) você acha que vale a pena? está falando que este tour sai a R$ 71,00… fiquei meio receosa em comprar… pode me dar uma idéia?

    Muito obrigado desde já

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Kelly!
      Sim, tem neve por todos os lados. Se você reparar bem, na nossa foto no restaurante, dá pra ver pela janela o chão branquinho do lado de fora.
      Se você for em um dia com nevasca, acho dificil e cansativo você fazer o passeio de meio dia. E o custo do transfer certamente será o mesmo.

      Não fizemos esse tour de bus em Santiago. Mas sei como é, existem esse serviço em várias cidades turisticas do mundo. Geralmente eu recomendo esses passeios para quem tem pouco tempo na cidade. Não sei se é esse o seu caso.

      Mas que tal fazer um tour circular por Santiago, como o que fizemos e contatos aqui neste post:

      http://acrosstheuniverse.blog.br/santiago-um-city-tour-circular/

      Obrigado pela visita! 😉

  15. Tarsio disse:

    Olá, estou com viagem marcada para Santiago e gostaria de saber se existe outra estação mais em conta do que o vale nevado, vmos em julho. Se alguém souber me informar tb se há como ir para o Atacama de ônibus nesse período eu agradeço.

  16. Olá Marcelo e Polliana! Estou com viajem marcada de 5 dias para Santiago, agora no início de Julho. Quero visitar pelo menos uma estação, preferencialmente o Valle Nevado. Como não pretendo esquiar (ainda mais dps de ler seu post, rs), gostaria de saber se existem outras opções lá dentro, além de ficar apenas no restaurante. Tem tubing e teleférico? Ao pagar a entrada, posso utilizar dessas 2 opões (caso tenha) pelo preço da entrada, ou pago a mais por isso? Obrigada 🙂 adorei o site!

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Marilia.
      Se você pagar pela entrada, você entra na pista de esqui e pode utilizar todos os serviços que estiver a disposição, incluindo o teleférico. Mas não lembro de ver ninguém usando o teleférico sem esquiar. Geralmente ele é usado depois que as pessoas descem esquiando, dai voltam subindo a pista pelo teleférico. Quanto ao tubing, não lembro de ver. Nem pessoas carregando bóias 🙂

      A Alexandra Aranovich escreveu uma série de posts sobre o Valle Nevado. Talvez ela tenha informações mais completas para te ajudar:

      http://www.cafeviagem.com/valle-nevado-dicas-gerais/

      Obrigado pela visita! 😉

  17. Adriano disse:

    Olá Marcelo!
    Irei em agosto14 a santiago.
    Pretendo ir em Valle Nevado com minha filha para ela brincar na neve.
    Vc disse acima que só paga para esquiar. Se eu não pagar para esquiar, nós ficamos onde exatamente? Em uma restaurante? Em um deck? Enfim, onde eu fico sem pagar eu terei contato com a neve?
    Grato pela informação!

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Adriano!
      Vc paga para usar a pista de esqui, não para ver a neve. Agosto foi a época que fomos e vc vai ter contato com neve em todos os lugares externos. Pode ficar tranquilo. E o restaurante é o lugar mais agradável pra vc ficar esperando e ainda curtindo o visual branquinho do Valle pela janela.
      Obrigado pela visita! 😉

  18. Luiz disse:

    Ficarei de 27.08 a 02.09.14 para Santiago e pretendo ir ao Valle Nevado na segunda feira (01.09) por achar que será menos movimentado, é isso mesmo? Não vou esquiar, entao gastaria apenas com o TRANSFER, ROUPAS E ENTRADA? Quanto seria o custo? Agradeço desde já.

    • Marcelo Lemos disse:

      Luiz, fomos também durante a semana e o lugar estava bastante movimentado. Essa estação é bem badalada e creio que em alta temporada ela é movimentada todos os dias da semana.

      Se vc não vai esquiar, não precisa pagar a entrada. Pode ficar do lado de fora mesmo, ou até mesmo no restaurante, tomando um vinho e vendo a paisagem branquinha pela janela.

      Quanto aos custos, eles estão no post.

      Obrigado pela visita.

  19. luciano disse:

    Estarei indo do dia 25-30/6/14 e gostaria de saber se vale ir ao valle nevado no domingo dia 29/6? dizem que o passeio é cansativo e gostaria de saber se por isso é preferível ir no penultimo dia>

    • Marcelo Lemos disse:

      Luciano,
      O passeio é realmente cansativo e vai lhe tomar o dia todo.
      Domingo é um dia mais movimentado. Porém o seu período em Santiago é curto, não dá pra ficar escolhendo muito.
      Sem contar que a temporada no Valle Nevado abre oficialmente só no dia 27/06. Você sabia disso?

      A boa notícia é que ele já acumula 40 cm de neve, muito antes da abertura oficial. A promessa é que esse seja o inverno mais frio dos últimos 17 anos.

      Aproveite sua estada em Santiago! 😉

  20. Ana Carolina disse:

    Olá Marcelo, tudo bem??
    Adorei seu post, já ajudoui bastante, mas ainda tenho uma duvida: vou para Santiago em novembro e sei que não encontrarei neve, mas gostaria muito de passear pelas cordilheiras ou mesmo fazer trilha, o que voce recomenda?

    Obrigada!!

  21. Filipe disse:

    Bom dia.
    Estou com viagem marcada para Santigo para o dia 30 de julho, não pretendo esquiar, sendo assim o centro de esqui me cobra do mesmo jeito??
    Já que não pretendo esquiar estou cogitando mais Farellones do que o Valle Nevado, no meu caso realmente vale mais a pena??

  22. Danielle disse:

    Boa Tarde,

    Eu meu esposo e um casal de amigos vamos para chile agora em Set. e como vamos ficar apenas 03 dias gostaria de saber se conseguimos ir pela manhã a Concha y Toro e a Tarde ao Valle Nevado?? Ficaria muito corrido??

    Abraço

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Danielle!
      Se o seu objetivo for só ver o Valle e voltar, ok. Mas se seu objetivo for esquiar ou desfrutar dos atrativos do Valle, sim ficaria sim muito corrido. A subida para o Valle Nevado é lenta. Os caminhos são estreitos e os carros sobem bem devagar. Na volta é a mesma coisa. Dependendo do horário, a preferência é de quem está subindo. Ai quem desce precisa ficar esperando. Se estiver nevando o cenário só piora.
      Sugestão? Reserve um dia só para o Valle Nevado e combine a ida a Concha y Toro com um City Tour em Santiago, semelhante ao que fizemos e contamos neste post aqui:
      http://acrosstheuniverse.blog.br/santiago-um-city-tour-circular/

  23. Lilian Inoue disse:

    Ola amei o post e tirou muitas dúvidas, mas ainda tenho algumas, vou com mais duas amigas para Santiago no final de setembro (25 a 28/09), não vamos esquiar, só conhecer mesmo, será q conseguimos um transfer em cima da hora, ou melhor agendar?? será q dá para conhecer em 1 dia as tres estações ou é muito corrido?? obrigada!!!

  24. Almir Ribeiro disse:

    Ola, estou indo agora na ultima semana de outubro com mais duas amigas, mas digamos que elas nao sao la fa de esporte, entao acho que vou esquiar sozinho hahaha, sobre o transfer, sera que consigo algum para ir para o valle? queria ir e voltar no mesmo dia, que horario seria melhor para ir e para voltar? desde ja agradeço

    • Marcelo Lemos disse:

      Almir, temos no post a indicação do transfer que usamos para ir ao Valle Nevado. Também fomos e voltamos no mesmo dia. E o ideal é que você vá cedo pra voltar no final da tarde. Obrigado pela visita!

  25. Adriana disse:

    Adorei a matéria RI muito espirito de Jeremias kkkkkkkkkkkkk morri pqpp!!!

  26. Carla disse:

    Vale a pena ir nessa região no verão?

  27. Bruna disse:

    Olá! Adorei o post! Parabéns! Você saberia me informar se no final de setembro ainda tem neve? Chego do Atacama dia 21 de setembro e queria me hospedar no Valle Nevado do dia 22 a 25 de setembro, para fazer umas aulinhas e curtir o resort, mas estou com muito receio se tem ou não neve ou se compensa ir nesse época? Você saberia me informar?

  28. Katia disse:

    Olá!
    Rolei de rir com o post! Gosto assim, a vida como ela é, porque parece que ninguém passa perrengue em blog de viagem…
    Vou pro Chile em agosto e por indicação de um Chileno, optei por ir para a estação de Chillan que diz ser menos muvucada e mais barata que o Vale Nevado…
    Reservei 3 dias pra ficar lá porque vou com a minha filha que quer neeeeeve, mas estou com medo de não ter cacife suficiente pra ficar os 3 dias já que o esquema da viajem é “mendigo chique”, ou seja, fico em hostel, pra poder ter dinheiro para alguns passeios.
    Vcs tem alguma informação dos preços de Chillan?
    Obrigado e parabéns!

  29. Mario Silva disse:

    Ola. Vou para Santiago no dia 08 de Outubro e ja vou estar com um carro alugado para passeios em Valparaiso. Quero passar um dia no Valle Nevado, mesmo nesta epoca vc acredita que nao e uma boa subir com o carro ?

    Grato,

    • Marcelo Lemos disse:

      Mario,
      Na minha opinião, o problema maior é dirigir na neve, em uma estrada sinuosa e ainda tendo que usar correntes. Mas nessa epoca acredito que já não mais tenha neve.

  30. alexsandra disse:

    Oi Marcelo e poliana estou indo a Santiago dia 10 de setembro, quero levar meus filhos de 7 e 5 anos no valle do nevado mas não vamos esquiar, da para brincar na neve? Pagamos para entrar? .
    Obrigada Alexsandra

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório