Peru em 5 dias: Lima, Cuzco, Vale Sagrado e Machu Picchu

Sempre que falamos que fomos ao Peru no feriado de carnaval e visitamos Lima, Cuzco, Vale Sagrado e Machu Picchu, as pessoas espantam com o tanto que andamos em um espaço tão curto de tempo. Foram 5 dias muito bem aproveitados. Alguns fatores colaboram bastante para a otimização do tempo, destaco os principais: o planejamento prévio e o voo direto Brasília-Lima pela TACA (não existe mais esse voo). Todos os trechos aéreos pela TACA, Brasília-Lima, Lima-Cuzco-Lima e Lima-Brasília saiu pela bagatela de R$ 1087,00 por pessoa, inclusas todas as taxas aeroportuárias. Sim, em reais! Mas só conseguimos essa faceta por reservar com muita antecedência. A viagem foi em Fevereiro de 2012 e as reservas foram feitas em Outubro de 2011.

Como planejar e organizar uma viagem ao Peru de 5 dias?

Leiam os posts da Polliana que ensinam tim tim por tim tim essa arte:

Como organizar uma viagem para o Peru

Coisas que você precisa saber antes de ir para o Peru

Lima

Saímos de Brasília no sábado muito cedo as 07:25 da manhã e chegamos em Lima as 09:05, horário local. O fuso em Lima é o GMT -05:00 e como no Brasil ainda era horário de verão (GMT -02:00), as 04:40 de viagem se transformaram em 01:40. Ou seja, chegamos em Lima com o dia todo livre.

Contratamos um transfer do aeroporto da própria pousada onde ficamos hospedados, ao custo de 28 dólares para 4 pessoas. A pousada era a Hostal Porta, no bairro de Miraflores. Fizemos a reserva pelo Booking.com ao custo de 80 dólares para 2 quartos com duas camas de solteiro cada. E com wi-fi grátis! 😉

Nosso voo para Cuzco sairia no dia seguinte, as 09:40. Logo, tratamos de aproveitar Lima nas 24 horas que tínhamos direito. E como aproveitamos! Veja abaixo o relato da Roberta Luiza, nossa companheira de viagem no Peru:

Lima em 24 horas

Cuzco

Em Cuzco o transfer estava incluso na hospedagem. Ficamos hospedados no La Morada Apart Hotel, que considero o ponto alto da nossa estada em Cuzco. Muito aconchegante o apartamento de 3 andares, praticamente um triplex. No primeiro piso uma sala com lareira, banheiro e cozinha completa. No segundo piso um quarto com duas camas de solteiro e vista para a cidade. E no terceiro piso, mais um quarto com cama de casal e TV de LCD. Quanto? 300 dólares para 3 diárias e 4 pessoas.

La Morada Apart Hotel

No mesmo dia que chegamos, após o almoço, já embarcamos em um City Tour guiado por Cuzco. Contratamos no próprio hotel ao custo de 13 dólares. Não sou muito fã de city tours, quanto mais guiados, mas esse eu recomendo fortemente, principalmente se você gostar de história e se puder ser guiado pelo nosso guia, o Sandro. Não cheguei a fazer essa pergunta a ele, mas na minha opnião ele é um professor de história de alguma universidade do Peru. É só o que justifica a didática e a paixão com que ele fala. Ele prende a nossa atenção, contando a história dos incas com uma riqueza de detalhes absurda. Eu ficava catatônico, sério! Até o espanhol dele era fácil de compreender. Ok, sou suspeito para falar. Apesar de ter feito exatas, tenho um pezinho em humanas e minhas melhores notas na escola eram em História. Sabe aquela cena do filme do Harry Potter, onde o chapeu seletor fica com dúvida se  o manda para a Sonserina ou Grifinória? E ele pede encarecidamente que não o mande para a Sonserina? Sou eu implorando para não ir para humanas 😉

“.. damas y caballeros.. “

Sandro e sua aula de história inca

Enfim, damas y caballeros.. sai do tour com saudades do tempo de escola 😉

Como é o city tour? Leia o post abaixo da Polliana:

City Tour em Cuzco – Os sítios arqueológicos

Vale Sagrado

No terceiro dia, fomos para o Vale Sagrado em um city tour contratado também no hotel, por 30 dólares e almoço incluso. Saímos cedo e passamos o dia visitando Pisac, Urubamba e Ollantaytambo com o guia quase meu chará, o Marcel. Mas depois do Sandro, nenhum outro guia prestava.

Nesse post abaixo a Polliana conta como foi a nossa visita ao Vale Sagrado dos Incas

O Vale Sagrado dos Incas

Machu Picchu

E de Ollantaytambo, já no final da tarde, pegamos o trem para Aguas Calientes, onde passaríamos a noite para no dia seguinte, logo cedo, partimos para conhecer a cidade perdida dos incas. Ficamos hospedados no Hostal Varayoc, em 1 quarto para 4 pessoas pela bagatela de 55 dólares. Bem meia boca, mas precisávamos só de um banheiro e uma cama para dormir.

Como ir de trem e comprar ingressos para Machu Picchu?

Esses posts da Polliana explicam tudo que você precisa saber, sem precisar bater muita cabeça.

Comprando ingresso para Machu Picchu

De trem para Machu Picchu

O retorno

E por fim, o quinto dia, uma quarta-feira de cinzas, foi gasto somente com o retorno para o Brasil. Saímos de Cuzco as 14:25 e chegamos em Lima as 15:50. O nosso voo de volta a Brasília só partiria as 22:05. Até lá, aproveitamos para bater perna pelo aeroporto, comendo donuts no Dunkin Donuts, tomando café no Star Bucks e gastando nossos últimos soles no free shop 😉

Peru em imagens

Para fechar esse relato, veja mais fotos dessa viagem no nosso Flickr


Informações Adicionais

Eis os dados do nosso guia em Cuzco. Não sabemos se são dados atualizados, a Roberta Luiza foi quem encontrou no Mochileiros.com, mas as chances são grandes.

Sandro Tapia Moscoso
offerus@yahoo.com
+51 984 856 335

 

Quer viajar para o Peru empacotado?*

Sabemos que se você chegou ao nosso blog e a esse post é por que está planejando sua viagem sozinho.  Mas se por acaso você mudar de ideia e quiser se preocupar só em viajar, uma das opções é comprar um pacote em uma agência de confiança.

Já conhecem o  Zarpo?

O Zarpo é um clube de compras de viagens, mais sofisticado e com acesso restrito e por convite (pegue o seu aqui). As ofertas de pacotes ou diárias de hotéis são divulgadas somente para os sócios. Não há cupons. Você escolhe suas datas e tem a reserva confirmada na hora. E caso precise customizar seu pacote (outra cidade de saída, mais noites, ocupação diferente, etc.), eles fazem o possível para atender e adequar a sua solicitação especial. Legal, né?

E eles estão com vários pacotes para o Peru, com datas até dezembro de 2017, e que você pode interessar.

Pacotes para o Peru | Zarpo

Veja alguns:

Lima, Cusco & Machu Picchu - 5 noites em hotel 4 estrelas a partir de R$ 4.337**

Lima, Cusco & Machu Picchu - 8 noites em hotel 4 estrelas, incluindo trem e todos os transfers a partir de R$ 6.245**

Sabores de Lima - 3 noites em Lima em hotel 4 estrelas - com tour gastronômico, a partir de R$ 3.347**

Corre lá no Zarpo e namore estes ou vários dos outros pacotes disponíveis para vários destinos do Brasil ou do Mundo.

* informação atualizada em 16/03/2017
** tarifa por pessoa em quarto duplo

 


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog


Cupom de 15% de desconto no Seguro Viagem

52 Comentários para "Peru em 5 dias: Lima, Cuzco, Vale Sagrado e Machu Picchu"

  1. Kamila disse:

    Quero ir ao Peru!!! Muito legal. Já era um desejo antigo e agora vcs me inspiraram novamente hehehe.

  2. Rosa Luisa disse:

    Oii, muito boas as dicas, estou programando uma viagem ao peru já no próximo mês. Gostaria que me mandassem mais dicas, quanto devo levar em dinheiro?? Todas as viagens que fiz geralmente conheço os locais a pé mesmo ou de ônibus, mas só vejo o pessoal falar em táxi, vale a pena mesmo??
    A passagem de avião de lima para cusco dá pra comprar lá ou é melhor comprar antes?? E compro por onde??

    Obrigadaaa

    • Marcelo Lemos disse:

      Rosa,
      O quanto dinheiro levar é muito pessoal. O que posso dizer é que vc vai gastar muito pouco. Nessa nossa viagem de 5 dias gastamos em media 2000 reais por pessoa, incluso todos os custos, inclusive as passagens. E sim, taxi é muito barato no Peru. Vc pode comprar as passagens daqui do Brasil mesmo, pela TACA. Fizemos assim, sem nenhum transtorno.
      Obrigado pela vista!

  3. Rosa Luisa disse:

    Marcelo, obrigada pela resposta. Eu moro em Aracaju e por isso ainda tenho que incluir a passagem até SP, não sei se estou fazendo algo errado nas contas mas pra mim só de passagem já vai em 2.400, to achando mt caro!!! Mas valeu pelas dicas

  4. Aventuras pelo Mundo disse:

    Muito boas as suas dicas!

  5. DÉIA disse:

    UAU! QUE BELEZA!
    ESTAVA EU PROGRAMANDO MINHA VIAGEM AO MÉXICO E NO MEIO ACABEI ACHANDO UMA PASSAGEM BARATISSIMA P PERU… 700,00 SAINDO DE POA, INCLUINDO TAXAS.. COMPREI! MINHA PREOCUPAÇÃO ERA ORGANIZAR DUAS VIAGENS… ATÉ EU ACHAR ESTE SITE! O PRIMEIRO Q ENTREI! E JÁ LOCALIZEI TUDO Q PRECISAVA… VOU USAR EXATAMENTE SEU ROTEIRO, INCLUSIVE OS HOTEIS!!! PQ FICAREI 5 DIAS TB E ESTAMOS EM 4 PESSOAS!! ADOREI…TODAS INFORMAÇÕES MUITO ÚTEIS, SEM MUITO BLABLABLÁ E DICAS CERTEIRAS!

    • Oi, Déia! Que bom que os posts foram úteis para você. Para mim, essa viagem para o Peru está entre as melhores que já fiz na vida. Tudo perfeito. Deu tudo tão certo que super recomendo. Com relação aos hotéis, recomendo fortemente o hotel de Cuzco. O de Lima é simples, mas aconchegante, mas o que ficamos em Águas Calientes é só quebra galho, viu? Bem básico e sem conforto. Mas tbm só chegamos a noite e saímos praticamente de madrugada.

  6. Amal Zuhd disse:

    Adorei suas dicas e estou pretendendo ir em Dezembro e já sei que é uma época de chuvas. A minha única dúvida qual é o melhor horário para comprar o ticket de trem saindo de Ollantaytambo depois do final do tour para Machu Picchu e o retorno no dia seguinte de Machu Picchu para Cusco. Se você tem alguma informação se os passeios são afetados na véspera e no dia de Natal, pois é a semana que estou indo. Obrigada e parabéns pelo blog.

    • Oi, Amal!
      Nós saíamos de Ollanta no trem das 19h, mas lembro que tivemos bastante tempo na cidade após o tour…. Se não estiver muito afim de explorar a simplicidade do centro de Olanta, pode pegar um trem às 17h. 🙂
      Obrigada pela visita!

  7. Thaila Mouth disse:

    Ola!!! Gostei muito das dicas. Tanto que vou fazer um roteiro igual ao de vcs e coincidentemente na mesma epoca. So gostaria de tirar uma duvida: depois que vcs visitaram o vale sagrado foram direto para Aguas Calientes, certo? De la foram para Machu Pichu como? Ficaram as duas noites (terceiro para o quarto e quarto para o quinto dia) no Hostal Varayoc?
    Aguardo se puderem me ajudar.
    Abçs
    Thaila

  8. Thaila Mouth disse:

    So mais uma pergunta…
    Na volta de trem vcs voltaram para Ollantaytambo?
    Como voltaram de Ollantaytambo para Cusco?

    Obg

    • Isso mesmo, Thaila! Fizemos o passeio no Vale Sagrado até Ollantaytambo e de lá fomos para Aguas Calientes. Ficamos apenas uma noite hospedada no Hostal Varayoc… Lá, dormimos e pegamos um ônibus no dia seguinte, bem cedo, que leva até o portão de Machu Picchu. Demora uns 15 minutinhos até lá e o trajeto é de muitas voltas… bem fácil de enjoar. Na volta, pegamos o trem direto para Cusco. Ou seja, compramos ida saindo de Ollanta-Aguas Calientes e a volta Aguas Calientes-Cusco.
      Espero que a sua viagem seja tão boa quanto a nossa! 😀
      Depois conta para gente o que achou!
      🙂

  9. Samara disse:

    Olá, vou para Cuzco dia 5/10 ficarei do dia 5 até 11, quanto devo levar em dolár e quanto é a entrada dos parques ???

  10. Thaila Mouth disse:

    Muito obrigada Polliana! Qdo voltar eu passo aqui e conto como foi. Bjsss

  11. Thiago disse:

    Então quanto a hospedagem, quando fizeram o passeio ao vale e depois foram direto a aguas calientes para pernoite, vocês fizeram check-out em cusco e levaram toda bagagem ou mantiveram ela em cusco e na volta passaram no hotel em cusco ainda?

    • Oi, Thiago… não fizemos o check out em Cuzco. Porque sabíamos que em Águas Calientes só dormiríamos e teríamos que levar toda a bagagem Machu Pichu acima. Então optamos por deixar parte da bagagem em Cuzco e levar apenas uma mochila com o necessário para o passeio no Vale Sagrado, a noite em Aguas Calientes e o dia em Machu Pichu. No outro dia voltamos para o hotel de Cuzco.

  12. Leila Alves disse:

    Adorei todas as dicas, encontrar todas essas informações é maravilhoso. Estou indo para Cusco no carnaval, chegarei lá dia 02/03 e ficarei até dia 06/03. Gostaria de mais informações sobre a ida a Machu Picchu, tem como ir e voltar no mesmo dia de trem? tenho que comprar os bilhetes do trem antecipado?
    Vou de ônibus de Rio Branco a Cusco, chegarei dia 02 e quero ficar em cusco dia 02 e 03 e os outros dois dias fazer os passeios fora de cusco, o que vc acha???
    Se puder me dar mais dicas, obrigada

  13. Shiraishi Chieko disse:

    Eu quero ir para o Peru fazer o passeio de machupicchu e Naska,creio que Machu Picchu, como é mais famoso, pode ser que tenha possibilidade de ir sem muita antecedencia, mas para Naska, como faço o para adquirir a passagem do aviao cesna ?Precisa de quantas pessoas(eu vou com meu iramao)? Onde compro a passagem?
    Eh possivel ir pessoalmente ou sai mais barato com a agencia de turismo?
    Pretendo ir agora no dia 05 de março de 2014.

  14. Mayara disse:

    Oiii! Vou ficar uma semana em Cusco. O hotel já e está pago e o passeio pra Machu Pichu também! Gostaria de sabe quanto mais ou menos de dinheiro e deveria levar! Existe um cartão que se chama travelmmoney! É um cartão de débito! Acha QQ é bom fzr? Desde já,agradeço!

    • Sim, Mayara. Existe esse cartão, mas recentemente ele passou a não ter muitas vantagens, já que tem as mesmas taxas de iof de um cartão de crédito comum. Sobre o valor que você tem que levar, é só o suficiente para refeições e souvenirs, já que já pagou os passeios e hotel. Não precisa ser muito, porque as coisas lá são realmente baratas.

  15. PAULA LIMA disse:

    Primeiramente muito obrigada pelas informações! Eu gostaria de saber como vocês foram do hotel de vocês até Machu Picchu? Existe um transfer? Se sim, tu lembras quanto saiu mais ou menos? Obrigada!

  16. Mariana disse:

    Essas dicas me ajudaram a fechar meu roteiro no Peru.

  17. Vilma disse:

    Estou programando minha viagem p dez.14 (26.12 a 02.1) poderia me dizer se nessa época chove muito? Pode atrapalhar os passeios? Outra coisa, sabem de alguém q tenha passado o Réveillon no Peru?? Obrigada. Vilma

    • Oi, Vilma. Tudo bem?
      O período de chuvas no Peru é entre outubro e abril. Mas não sei se exatamente nessa época chove muito.
      E não conheço ninguém que tenha passado o reveillon lá.

  18. Olá gente!
    Primeiramente parabenizo pelo trabalho que fiz em ajudar aos brasileiros que desejem conhecer Machu Picchu, quem escreve é um amante da cultura brasileira e graças a deus já teve a sorte de morar no Brasil por um bom tempo, agora voltei ao Peru – Cusco para mostrar a todos os brasileiros que desejem conhecer a terra dos incas.
    Se alguém deseja algumas dicas e recomendações pra a sua viagem, sera tudo um prazer ajuda-los em realizar o sonho de conhecer Machu Picchu Cusco, Lima, Lago titicaca, Arequipa, Nazca, Paracas, Puno, Trujillo e outros destinos que ainda não foram explorados pelo brasileiros.

  19. Mariana disse:

    Olá, gostei muito do roteiro de vocês e penso em fazer um muito parecido, se não igual. Fiquei com uma dúvida sobre o transporte de Ollantaytambo para Aguas Calientes. Esse trem é fácil de pegar? Vocês compraram antecipadamente? Outra dúvida é quanto as malas. Vocês tiveram que levá-las com vocês no passeio para Vale Sagrado, certo? Havia algum lugar pra deixar ou vocês ficaram carregando?
    Muito Obrigada, adoro o blog, otimas dicas!
    Aguardo retorno

  20. margarete cadore disse:

    Amei as dicas e comentarios. Muito uteis. obrigada.

  21. amanda bacelar disse:

    Gostaria de saber se mesmo indo em fevereiro( mes da chuva) 3 possivel aproveitar e realizar todos os passeios.

    • Marcelo Lemos disse:

      Amanda,
      fomos em fevereiro. É um mês chuvoso e isso torna tudo mais arriscado, principalmente para subir a Machu Picchu.
      Mas não tivemos problema algum e conseguimos aproveitar muito bem a nossa viagem.

  22. Oi Marcelo
    Para as pessoas que estão querendo e irão fazer a trilha Inca ou Salkantay
    Aconselhamos deixar sua cargueira no hotel para que o peso da mochila seja leve e somente leve o que seja necessário para percorrer as trilhas.
    (geralmente os hotéis têm um espaço para isso, ou seja, você não vai pagar uma diária para sua mochila) e levar para a trilha somente o que for essencial.
    Além dos serviços de guia, de cozinheiro, de carregadores e montadores de barracas, as agências oferecem alimentação (café, almoço e jantar) e água (fervida) e ou chá de coca. É recomendável que você leve alimentos complementares (balas, chocolates, bolachas, barrinha de cereal) para os intervalos entre uma refeição e outra, lembrando que não há lanchonetes pelo caminho.
    Se precisar de mais dicas para a trilha segue o link http://www.viagensmachupicchu.com.br/trilhainca/trilhasalkantay/o-que-levar-para-a-trilha-inca-e-salkantay

  23. Fabiola disse:

    Olá! Na noite que vocês dormiram em Aguas Calientes, vocês levaram todas as malas ou apenas uma mochila para passar a noite? Caso tenham levado apenas uma mochila, onde vocês deixaram as malas? No hotel de Cusco? Mas tiveram que pagar uma diária a mais para deixá-las no quarto? Desculpe-me por tantas perguntas, mas estou em dúvida sobre o que fazer! Obrigada e parabéns pelo blog!

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Fabiola!
      Só levamos uma mochila para passar a noite. Deixamos as malas no hotel em Cusco e pagamos pela diária. Preferimos nem fazer checkout, do que fazer, pedir para guardarem as nossas malas e depois fazer checkin novamente. Como estávamos em 4, o custo da diária ficou muito em conta. Não compensava todo este trabalho.

  24. ELENA disse:

    Valeu as dicas, vou curtir todas ,Obrigada.

  25. alexander Barbierato disse:

    Marcelo,
    Uma duvida. Fora o Hotel, Trem, machu picchu, com 300 dolares eu consigo passar bem 05 dias?

    • Marcelo Lemos disse:

      Alexander,
      eu acredito que sim. Ainda mais agora com o dolar mais valorizado.
      Nesses 5 dias eu gastei 2000 reais, incluindo a passagem que foi metade deste custo.
      Isso em 2012, não sei como está a economia do Peru hoje.

  26. Geanini disse:

    Gente, to indo em Março de 2016 com a minha namorada. Gostaria de saber quanto eu e ela devemos levar pra gastar lá em média, e as roupas de frio, compramos aqui ou la? Disseram que lá é mais barato.

    • As roupas de frio locais são sempre mais adequadas. Sobre valores dos gastos, difícil estimar sem saber dos seus costumes, o que pretende fazer, o tipo de restaurante que irá frequentar e etc.

  27. Karoline disse:

    Boa tarde!
    Lendo a matéria de vocês, me empolguei muito para ir.
    Comprei as passagens para fevereiro de 2016, Carnaval aqui no Brasil e época de chuvas no Peru. Depois que descobri isso, me desanimei muito 🙁
    Espero que ocorra tudo bem e consiga aproveitar todos os passeios.
    Adorei as dicas.

    • Marcelo Lemos disse:

      Karoline,
      nós fomos no carnaval de 2012, que também caiu em fevereiro. E foi ótimo! Não tivemos nenhum problema com chuva.
      Se no Peru estiver ruim de chuva como está atualmente no Brasil, certamente você não precisará se preocupar.
      Aproveite o Peru! 😉

  28. RENATA disse:

    OI ESTOU PROGRAMANDO UM VIAGEM EM FAMÍLIA SÃO 2 ADULTO E 2 CRIANÇAS DE 7 E 6 ANOS QUEM PODE M INDICAR ALGO QUE POSSA LEVAR MINHAS CRIANÇAS

  29. RENATA disse:

    OI ESTOU PROGRAMANDO UM VIAGEM EM FAMÍLIA SÃO 2 ADULTO E 2 CRIANÇAS DE 7 E 6 ANOS QUEM PODE M INDICAR ALGO QUE POSSA LEVAR MINHAS CRIANÇAS

  30. Myrian disse:

    Olá pessoal, estou indo para o Peru esta semana dia 25, estou com mtas dúvidas sobre roupas. Roupas para o dia de passeios, roupas para sair à noite em um restaurante. Ficaremos em Cusco do dia 25 ao dia 30, iremos para Lima dia 30. Gosto mto das dicas de vcs. Obrigada.

  31. Fanny disse:

    Gostaria de acrescentar algumas recomendações importantes para as pessoas que estão preparando sua viagem para Machu Picchu.
    – Quem vai a Machu Picchu não pode deixar de fazer as trilha como a trilha inca, trilha salkantay, trilha lares, trilha ausangte e outros que levam até lá!
    – Quem quer ter uma bela vista panorâmica deve subir até Huayna Picchu.
    – Faça a pernoite em Aguas Calientes, pois você estará logo cedo em Machu Picchu desfrutando o amanhecer.
    – Compre os bilhetes com antecedência, porque as vezes, se vc quer comprar um hoje para amanha, não tem mais.
    Espero que ajude alguém.
    Abraços

  32. Paulo disse:

    Ola boa noite! Estava vendo alguns videos sobre o Peru e fiquei entantado. Nunca fiz uma viagem internacional. Por esse motivo, não tenho nenhuma experiência a respeito de reservas, dinheiro (dolar) etc. Gostaria de saber se tenho que trocar meus reais todo em dólar? E necessário levar já comigo a quantia, ou é melhor fazer um saque por lá? Sou bem econômico, quanto devo levar em dólar? Posso trocar em soles para gastar la? Obrigado.

    • Olá, Paulo. Você pode levar tanto dolar como reais para trocar por soles quando já estiver no Peru. O mais recomendado é levar dólar mesmo. O saque também é uma opção, mas nem sempre confiável.

  33. Sabrina disse:

    Olaaa, pessoal se puderem me ajudar!!
    Vou a Cusco agora em Fev/2017, estou indo para fazer um curso de duas semanas, enfim… Cafe da manhã e jantar eu já tenho garantido… Minha duvida é em questão de quanto se gasta em média no almoço? Outra duvida é em questão dos passeios, cotei com uma agencia que me cobrou $ 290 dólares com alguns passeios, machi picchu, hospedagem, passagens de trem, onibus de subida e descida de MP e um tranfer de Ollanta a Cusco. Consigo fazer tudo isso por conta?

    Valeu pessoal.

  34. kelly disse:

    Muito bom esse post estou querendo ir o peru e essas dicas foram de suma importância adorei agora é planejar e ir.obrigado

  35. Clovis disse:

    Estou querendo ir a Machu Picchu de moto vocês tem algum suporte para este tipo de viagem?

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório