Como organizar uma viagem para o Peru

Uma viagem para o Peru não é uma das mais fáceis de se organizar, mas, com certeza, é uma das mais gratificantes. Para quem tem disposição e gosto pela arte de se fazer roteiros turísticos, a economia é certa. Para aqueles que não tem, a opção é procurar uma agência de viagens. Se esse não é o seu caso, acompanhe agora as dicas de como organizar um roteiro pelo Peru.

O bloco Inca Folia em Machu Picchu

Primeiros passos

Reserve pelo menos 5 dias na sua agenda. Comprada as passagens e reservado o hotel, a primeira providência é montar o roteiro. Um ou dois dias em Lima, mais um ou dois dias em Cuzco, um no Vale Sagrado e mais um em Machu Picchu é suficiente, mas isso pode variar dependendo do interesse de cada viajante. Em Cuzco, reserve uma manhã para se acostumar com a altitude e uma tarde inteira para um city tour guiado muito comum na cidade. O custo é de aproximadamente 13 dólares por pessoa. Para o Vale Sagrado, reserve um dia inteiro. O passeio, com um belo de um almoço, custa em média 30 dólares por pessoa.

Como chegar em Machu Picchu

Para chegar a Machu Picchu você pode ir pela Trilha Inca (se tiver fôlego) ou de trem. Os bilhetes devem ser comprados antecipadamente pelo site da Peru Rail. Você tem a opção de sair da estação mais próxima de Cuzco (Poroy) ou ficar em Ollantaytambo após o passeio pelo Vale Sagrado e pegar o trem de lá. A viagem dura em média 3 horas (saindo de Cuzco) ou 2 horas (saindo de Ollantaytambo) até a cidade de Águas Calientes.

O recomendável é que você pegue o trem no fim do dia, durma em Águas Calientes e vá bem cedo para Machu Picchu, retornando para Cuzco nos trens do fim da tarde. Outra opção é ir para Águas Calientes bem cedo, subir à Machu Picchu e depois dormir em Águas Calientes para descansar. De qualquer forma, é possível ir e voltar de Cuzco no mesmo dia, porém fica muito apertado e cansativo.

O trajeto, ou melhor, a subida entre Águas Calientes e Machu Picchu é feita de ônibus e dura aproximadamente 20-30 minutos. O tícket de ida e volta é vendido na estação e custa 17 dólares. Os ônibus saem a todo momento. O bilhete para entrar no parque de Machu Picchu não é mais vendido no local. É preciso comprar com antecedência pelo site. O processo é um pouco complicado, portanto, adiante-se! É liberada a entrada de 2 mil turistas diariamente. Para subir à Hanaypicchu o processo é o mesmo, com a diferença de que são apenas 400 ingressos. Ou seja, quanto antes comprar, melhor.

Já na porta do parque, barganhe um guia (média de 20 soles por pessoa) e, finalmente, curta aquela que é uma das 7 maravilhas do mundo moderno!

Dicas

Antes de embarcar, é bom saber alguns detalhes sobre o Peru. Nesse post aqui tem uma listinha básica.

Quando ainda estava perdida com o planejamento da viagem, li uma dica (não me lembro onde) falando para que o roteiro fosse montado seguindo obrigatoriamente essa ordem Lima (se for o caso) – CuzcoVale SagradoMachu Picchu. A dica é perfeita e super válida! No final da viagem você vai entender melhor, mas posso adiantar que a beleza e as surpresas vão aumentando exatamente nessa ordem. Se você faz o percurso inverso, indo a Machu Picchu e só depois conhecendo o Vale Sagrado, por exemplo, tudo perde o sentido e até o encanto.

Informações Adicionais

Gostou deste post? Não deixe de ler os demais publicados sobre nossa viagem ao Peru:

Peru em 5 dias: Lima, Cuzco, Vale Sagrado e Machu Picchu

Lima em 24 horas

City Tour em Cuzco – Os sítios arqueológicos

Coisas que você precisa saber antes de ir para o Peru

Comprando o ingresso para Machu Picchu

De trem para Machu Picchu

O Vale Sagrado dos Incas

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Pingback: Peru em 5 dias: Lima, Cuzco, Vale Sagrado e Machu Picchu | Across The Universe

  2. Paty
    27 ago 2012

    muitoooooooooooo obrigada pelas dicas
    li todos os posts
    você não faz idéia do quanto ajudou
    :***

  3. Rubia
    15 set 2012

    Conheci seu Blog por indicação da Nádia…..
    Machu Picchu um dos meus sonhos de consumo!!!!! rs rs
    Venha me visitar também…. não tem muitas informações…. mas tem muitas fotos…..

    • Oi, Rúbia!!
      Que legal você por aqui. A Nádia sempre me contava sobre suas aventuras e eu ficava impressionada.
      Mas não sabia que mantinha o blog. Vou acompanhar!
      Sobre Machu Picchu… se programe! É uma viagem barata e uma das mais legais que já fiz. Vale muito a pena.

  4. Renata
    12 jun 2013

    Oi Polliana…
    Estou organizando minhas férias e um dos lugares que pretendo ir e o Peru… mas quero ir sozinha, por não coincidir com as ferias de nenhuma amiga…vc acha perigoso ?

    • Oi, Renata! Não fui sozinha, mas tbm não achei nada perigoso não.
      De qualquer forma, não me aventurei em lugares menos turísticos.
      Acho que se o seu roteiro se concentra no básico (turisticamente falando), você não terá nenhum problema.
      Os peruanos são amigáveis e prestativos e o turismo tá crescendo no país!

    • Diogenes Possa
      18 ago 2014

      Ola estava pesquisando sobre o peru e esbarrei no site seus ai.
      Pretendo ir pro peru em janeiro agora e vou sozinho e deus.
      Voce tem mais ou menos uma base dos gastos com hoteis e as visitas guiadas?

      obrigado.

      • Diogenes, isso é muito pessoal e depende de N fatores que só você sabe. Temos um post que fala o quanto gastamos com hospedagem em cada um dos lugares que hospedamos. E também no post dos passeios que fizemos falamos o preço. Com isso dá pra você ter uma ideia baseado no seu perfil de quanto precisará.
        Obrigado pela visita!

  5. Pingback: De trem para Machu Picchu

  6. Pingback: City Tour em Cuzco – Os sítios arqueológicos

  7. Pingback: Coisas que você precisa saber antes de ir para o Peru

  8. Parabéns pelo blog, eu vou deixar o link para aqueles que têm planejado viajar a Machu Picchu, nesse link podem olhar si há vagas o não para Machu Picchu na data que tem planejado visitar.

    http://www.machupicchu.gob.pe na site podem olhar também as vagas para a Trilha Inca 4 Dias. Huaynapicchu, Choquequirao.

    Abraços desde Cusco – Peru.

  9. Emerson
    28 maio 2014

    Oi,
    E possível sair de cusco e visitar o Machu Picchu em um dia?

    Obrigado,
    Emerson

    • Edson,
      praticamente impossível.
      Apesar de ser geograficamente perto, só se chega de trem e ele é lentíssimo!
      Faça como a gente, vá no final do dia, durma em Aguas Calientes, acorde cedo e suba para Machu Picchu, almoce em Aguas Calientes e depois siga a tarde para Cuzco, chegando a noite.

  10. Gracielle
    30 jul 2014

    Oi Pessoal,
    Minhas férias estão programadas agora para o mês de Agosto, gostaria de saber de algum de vocês sofreu com o mal de altitude e como reagiram ?

    Obrigada !

    • Oi, Gracielle.
      Não tivemos vômito e diarreia, mas todo mundo se sentiu mais cansado que o normal devido a altitude.

  11. Boa noite Polliana, eu como peruano gostei muito das suas dicas, voce deveria percorrer todo o nosso país e eu se que vai se agradar mais e ate talvez nao vai quer voltar rsrsrsrsrs.
    Bom Polliana eu sou formado em ciencias administrativas e turismo na universidade de Cusco, e já teve essa sorte de morar em Sao Paulo e agora que voltei para o Peru montamos aqui no Peru a nossa operadora de turismo chamada Viagens Machu Picchu, Operadora única e exclusivamente para os brasileiro que desejem conhecer Machu Picchu e Peru.
    Nos da Viagens Machu Picchu sempre estamos dispostos a ajudar a qualquer pessoa sem compromisso de compra e simplesmente queremos que tudos venham e curtam a nossas paisagens.
    Att: Juvenal Rondan

  12. Excelente post!
    Pegando todas as dicas para minha viagem em Maio!
    Gostei do seu blog, leitura simples e interessante!
    🙂

  13. Julianna
    24 mar 2015

    Pessoal, bom dia!
    Quero muito ir, mas tenho muito pouco tempo…
    Acho que consigo chegar na quinta a noite e voltar no domingo.
    Com esse tempo, o que me indicam? Só sei que Machu Picchu tem que ser parada obrigatória!!!

    Obrigada!

    • Julianna,
      Não sei em qual cidade do Brasil você está e se tem voo direto para o Peru. Mas sugiro você cortar Lima e já ir direto para Cuzco.
      Reserve um dia inteiro só para Machu Picchu e outros dois para Cuzco. O resto do seu tempo você vai gastar com os deslocamentos.

      Só que se prepare! Você vai querer voltar com mais tempo 🙂

  14. Betania Fernandes
    20 maio 2015

    Oi Pessoal!
    Parabéns pelo blog!
    Sou de Minas Gerais, e a muito tempo a vontade de conhecer o Peru vem sido alimentada e amadurecida.Eu e mais dois-três amigos resolvemos que a hora é agora, mesmo com pouca grana. Aqui estou para que nos ajude em nossa tão sonhada viagem.Estamos lendo tudo, mas algumas duvidas ainda nos deixam com muitas reservas…
    Não planejamos, foi agora de repente, pretendemos sair por volta do dia 18/06/15 e temos 6/7 dias para conhecer tudo.
    Quanto gastaríamos hoje, fazendo o mesmo percurso? Com relação ao clima, muito frio? Seriam necessários agasalhos mais pesados, levando daqui ou comprando lá?O que trocar em dinheiro? O que compramos é fácil para trazer (sou decoradora e louca por novidades, rs)? Todas as dicas e observações serão válidas e muito bem vindas! Suas postagens me incentivaram a querer mais e mais essa viagem. Agradeço todas as postagens, muito significativas. Obrigada!

  15. Para as pessoas que estão percorrendo a Trilha Inca e Trilha Salkantay levem um cantil ou até mesmo garrafa pet, pois é de extrema importância estar hidratado durante toda a viagem, seja na trilha Inca ou na Salkantay. Em alguns trechos há pequenos riachos onde você pode encher seu recipiente; portanto leve também um purificador de água (líquido ou em pastilhas – do tipo Hidrosteril). Isso não faz volume, não custa caro, não pesa e pode evitar uma diarréia!
    Durante a noite geralmente é frio, ainda mais na época das geadas, que é muito frio próximo aos nevados, registrando temperaturas abaixo de 0, sendo assim é importante ter um saco de dormir. Se você não quiser levá-lo (por causa do peso e volume), pode contratar com a sua agência ou operadora por que normalmente já costumam alugá-los, dá pra pechinchar pedindo para incluir no que você vai pagar. Eu levaria o meu, acho uma coisa meio pessoal – risos. Dificilmente você vai conseguir alugar um de “primeira mão”. Boa Viagem!!
    http://www.viagensmachupicchu.com.br/

  16. saint clair souza
    13 out 2016

    Boa noite, estou planejando uma viagem ao peru e pretendo ir a machu picchu por trilha, ainda não decidi qual, vcs sabem informar se quando eu comprar a reserva pra trilha o valor da entrada no parque já está incluido ?

  17. Oi, POLLIANA tudo bem com você? Espero que sim, primeiramente quero parabenizá-lo pelo post, é uma boa informação … bem precisa. Quem escreve é um guia de turismo aqui no Peru e, por minha experiência própria, vi que muitos turistas não conhecem esse tipo de informação. Com certeza compartilharei com meus clientes e assim, poderei contribuir mais um pouco para sua viagem ao Peru. Um abraço …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *