É seguro viajar para o Marrocos?

Quando você conta que vai ao Marrocos sempre tem alguém para questionar se é seguro viajar para lá, nem que seja para alertar sobre a epidemia do ebola. Ouve-se avisos sobre as trocas de mulheres por camelos, os pescoços de emigrantes que são cortados, as brigas religiosas e os furtos. Eu não vi nada disso.

Mercado de Marrakesh | Marrocos

De maneira geral é uma viagem tranquila e que vem se popularizando cada vez mais, principalmente entre os europeus. Talvez por tantas “lendas” e um certo receio com algumas coisas que são tão diferentes para nós, a gente tende a não se sentir totalmente à vontade nas ruas de Marrakesh. Eu diria apenas que é bom estar preparado para algumas situações. Por exemplo, é uma viagem que, não indico para uma mulher ir sozinha.

É tranquilo para uma mulher ir sozinha?

Eu não iria. Sei que tem gente que vai discordar, mas essa é a minha opinião. Me senti julgada. Talvez seja apenas coisa da minha cabeça, mas os homens nos condenam com olhares e algumas vezes não nos oferece o mesmo tratamento que é dado a um homem. Aliás, até as mulheres fazem isso. Podem vender bolsa feminina, mas oferecem para o homem que está contigo, nunca diretamente para você.

Mulher sozinha em Marrakesh | Marrocos

Como nosso hotel ficava em uma área bem residencial, andávamos muito a pé por ruas não tão comuns aos turistas. Sentia que quando os homens acham que está sozinha, eles fitam de uma maneira que incomoda e, quando têm oportunidade, mexem com você. Não sei o que dizem, mas dizem. Por outro lado, não encontrei tanta submissão por parte das mulheres marroquinas. Elas também trabalham, andam sozinhas nas ruas, vão às compras.

Ruas de Marrakesh | Marrocos

Os becos

Outro comportamento dos marroquinos que pode te deixar um tanto receoso é que a gente só vê os homens andando em grupo e é muito comum ver alguns parados no meio dos becos fazendo nada. As ruas de Marrakesh são estreitas, escuras, com frestas que levam a outras ruas, com becos infinitos. Brasileiro que é brasileiro, desconfia.

DSC_0666 (1)

Os becos

Mas pelo menos com a gente, as vezes que interagiram foi para fazer alguma brincadeira. As pessoas que consultei garantem que a cidade é segura e realmente não vimos nenhuma anormalidade durante os cinco dias que passamos lá, mas como disse, tem certas situações que pode te deixar com um pé atrás.

E algumas dessas situações eu conto no post “11 coisas que você precisa saber antes de ir para Marrakesh” 😉

Ruas de Marrakesh 2 | Marrocos

 

 

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Viajar ao Marrocos é muito, mas muito seguro, principalmente para os brasileiros.

    Fui duas vezes ao Marrocos em 2014. Na primeira vez fiquei dois dias sozinha em Marrakesh, reparei que muita gente olhava para mim com olhos estranhos. Coloquei um lenço na cabeça e tudo se resolveu. Fiquei sabendo depois que os meus traços lembram os das marroquinas, ou seja, se vc é estrangeira, não tem problema andar com os cabelos à mostra. Agora, se vc é de lá, ou se parece com uma delas, cubra os cabelos, não custa nada diante da imensidão de coisas que vc vai ver e aprender.

    Na segunda vez, em Abril, viajei pelo país sozinha. Fiquei 17 dias. Andei de trem e ônibus. Me hospedei em riads e tudo foi muito tranquilo. Tomei os mesmos cuidados que teria no Brasil. Conheci pessoas incríveis, fiz amigos para a vida.

    Vale lembra que boa parte da renda do país vem do turismo. Então, os marroquinos e as marroquinas vão te tratar bem.

  2. Pingback: 11 coisas que você precisa saber antes de ir para Marrakesh

  3. Pingback: Nosso Roteiro: Marrakech

  4. Orlando Nogueira
    20 abr 2016

    Rafaela porque diz que viajar para Marrocos é seguro, pelo menos para os Brasileiros?? Marrocos tem sido seguro para cidadão de todos os países do mundo.
    Obrigado.
    Orlando

  5. Graciela Paparazo
    20 fev 2017

    Devo ir para o Marrocos em setembro deste ano. Você foi com agência de turismo ou por conta? Contratou alguma agência/guia local? Acha seguro ir sem agência/guia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *