Lençóis Maranhenses: Os passeios

Os passeios mais conhecidos – Lagoa Bonita, Lagoa Azul e Caburé – têm saída de Barreirinhas que está localizada a 2km da entrada do parque (o parque não cobra taxa de entrada, mas a taxa de turismo já está inclusa no valor dos passeios). Com exceção da visita à Caburé, que é feita de barco, os passeios são feitos sempre em veículos 4×4. Dentro do parque as estradas e as trilhas são de areia e sem sinalização e é indispensável a contratação de um guia credenciado inclusive para o percurso a pé.  Nada melhor que um bom conhecedor da região para não se enfiar em latada. Assim mesmo, constantemente os veículos ficam atolados na areia e precisam ser socorridos por outros.

Lençóis Maranhenses | Transporte de Jipe

O trajeto para as lagoas é, na minha definição, uma aventura ignorante. Os turistas são levados em jipes ou caminhonetes com as carrocerias adaptadas com banco relativamente confortáveis, mas o bate-bate é tão intenso que você fica no mínimo cansado de tentar se segurar e um pouco assustado. As trilhas são estreitas e os galhos das árvores vão batendo nas laterais do carro e se você não se proteger bem termina o passeio todo arranhado.

Lençóis Maranhenses | Jipe atolado no meio do caminho

Todo passeio começa com um representante da agência onde você comprou os bilhetes te buscando na pousada. No fim do dia, ele te devolve na pousada novamente. É recomendável levar água e lanches leves, pois não há infraestrutura de apoio na área protegida pelo parque. E é bom acertar todos os passeios com antecedência ou no dia que chegar na cidade, assim você organiza previamente seu roteiro, aproveitando bem o tempo disponível e ainda negocia um desconto.

Fiz todos os passeios com a São Paulo Ecotur Turismo. O Bruno, da Pousada São José, que gentilmente fez a reserva e paguei 50% do valor adiantado via depósito bancário. O restante pagamos lá na agência, com cartão de crédito.

Lagoa Azul   

Quando os passeios são para as lagoas, após buscar todos os turistas, o carro atravessa de balsa o Rio Preguiças. No caso da Lagoa Azul, segue por 13 km por uma pista que mais parece um brejo cheio de atoleiro.  Nesse vídeo você tem uma ideia de quão roots é o trajeto. O passeio para a Lagoa Azul custa R$ 60 por pessoa e dura cinco horas (das 14h às 19h). Chegando lá, o carro estaciona em um ponto base e você sobe uma duna alta e só então tem aquele contato que te faz esquecer todo o perrengue do trajeto.

Lençóis Maranhenses | As DunasLençóis Maranhenses | dunas

Todo o sacrifício é recompensado pelos banhos refrescantes, a paisagem única e o pôr do sol em meio aos montes de areia. É apaixonante! No passeio da Lagoa Azul você conhece ainda as lagoas Preguiça, Esmeralda e Da Paz. Você tem um bom tempo para tirar fotos e aproveitar um mergulho naquelas águas e às 17h30 todos se encontram no topo da duna para ver o pôr do sol de camarote.

Lençóis Maranhenses | Lagoa Azul 1 Lençóis Maranhenses | Lagoa Azul 5 Lençóis Maranhenses | lagoa azul 3 Lençois Maranhenses - Lagoa Azul 1Lençóis Maranhenses | Os Jipes no Pôr do Sol

Lagoa Bonita

Da mesma forma, o passeio começa atravessando o Rio Preguiças de balsa e pegando uma estrada diferente. São 15km do mesmo estilo de estrada. O carro balança muito e parece ter ainda mais galhos para nos arranhar. Ao chegar no local, há pequenas tendas onde vendem tapiocas, refrigerantes e outros lanches rápidos. Dalí até chegar às lagoas, é preciso subir uma montanha de areia de 50 metros tão íngreme que é preciso se agarrar a uma corda para chegar até o topo. Depois disso é só alegria. Que vista maravilhosa!

Lençóis Maranhenses | Vista da Lagoa Bonita

De uma vez só, seus olhos alcançam uma dezena de mini lagoas com o sol refletindo em cada uma delas. É mágico. Algumas lagoas formam desenhos interessantes com água de cores distintas. Ao final do dia, mais um pôr do sol que compensa os percalços do trajeto.

Lençóis Maranhenses | Lagoa Bonita 1 Lençóis Maranhenses |Lagoa bonita 3 Lençóis Maranhenses |Lagoa Bonita 3Lençóis Maranhenses | Pôr do sol

O passeio até a Lagoa Bonita custa R$ 65 por pessoa e dura cinco horas (14h até 19h). O carro, no entanto, pode te deixar na pousada um pouco mais tarde do que no passeio da Lagoa Azul, pois a balsa desse trecho só acomoda dois carros por vez e uma fila de veículos se forma do outro lado. Uma feirinha de artesanatos (e tapioca) ajuda a matar o tempo.

Lençois Maranhenses | Feirinha perto da balsa

Observação: Apesar de estarem relativamente na mesma direção, cada lagoa exige um dia exclusivo e muita disposição para caminhadas longas.  O percurso na areia é sempre feito descalço, pois as sandálias complicam a locomoção e, como os ventos constantes movimentam as dunas o tempo todo, a areia não é quente.

Caburé

O passeio para Caburé dura o dia inteiro e custa R$ 70. Começa saindo do próprio píer da agência de turismo e desce de lancha voadeira pelo Rio Preguiças por 47km. Durante o trajeto, o canoeiro faz várias paradas para explicar curiosidades diversas sobre a região, a vegetação, os costumes e a cultura local e segue margeando mangues, buritizais e igarapés.

Lençóis Maranhenses | Rio Preguiças

Em Vassouras é feita uma parada de 40 minutos e alí você encontra artesanato, lanche, água de coco, rede para descanso e macacos com pinta de artista. Atrás da barraca, mais lençóis, só que neste ponto a areia é dourada e a areia mais escura.

Lençóis Maranhenses | Parada em Vassouras

A próxima parada é em Mandacaru, onde há um farol construído durante a Segunda Guerra Mundial. São 160 degraus para se chegar ao topo do farol. O esforço é recompensado com a vista panorâmica que mistura mangue, palmeiras, dunas, rio e mar. Na vila, os moradores vendem artesanato e doces e no porto uma barraca singular tomada por pingas curtidas nas mais diversas especiarias chama a atenção de quem passa pelo local.

Lençóis Maranhenses | Mandacaru | Vista do FarolLençóis Maranhenses | Barraca em mandacaru

O passeio é finalizado na Península de Caburé, onde você tem o rio de um lado e o mar do outro. No meio, alguns poucos restaurantes com comidas típicas. Após o almoço, não deixe de dar um mergulho no mar que não é lá muito atraente nessa faixa, mas não deixa de ser o mar. 🙂

Lençóis Maranhenses | Mar em Caburé

Informações adicionais

Abaixo os outros posts da série sobre a nossa viagem aos Lençóis Maranhenses:

– Quer conhecer a pousada que nos hospedamos em Barreirinhas? Saiba aqui!

– Quer sugestões de onde comer em Barreirinhas? Saiba aqui!

– Sugestão de roteiro para os Lençóis Maranhenses? Saiba aqui!


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog


Cupom de 15% de desconto no Seguro Viagem

2 Comentários para "Lençóis Maranhenses: Os passeios"

  1. Anita disse:

    Boa tarde, eu e meu marido estamos querendo ir em agosto/2016 pra Lençois, Jalapao e Jericoacara, entao gostaria de saber se é aconselhavel ir com uma Toyota SW4 2010 automatica sem snorkel ?

    • Olá, Anita. Não sou uma entendedora de carro, mas vou tentar te ajudar.
      Já estive no Jalapão e em Lençois. Nos dois, te garanto, você vai precisar de um 4×4. Mas em Lençois, mesmo que de 4×4, sugiro que você estacione seu carro e vá com uma agência. Como disse aí no post, as trilhas são de areia, sem sinalização e, muitas vezes, é preciso pegar desvios por conta de lagoas que se formam no meio do caminho. Considero indispensável a contratação de um guia credenciado. Eles têm carros adaptados e estão acostumados com os problemas da estrada. Como você viu aí, no passeio que fiz, alguns carros de agências atolaram. Mas como vão todos juntos, todos os outros ajudaram.
      Espero ter ajudado.

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório