Hospedando no The Mirage em Las Vegas

Como eu disse no post “Organizando uma viagem a Las Vegas”, não há unanimidade quando o assunto é hospedagem em Las Vegas. Há quem defenda hospedar fora da Strip – que é o trecho da Las Vegas Boulevard, principal avenida da cidade e onde toda a ferveção acontece – para economizar alguns dólares. Há ainda os que buscam apenas um quarto para dormir e QUANDO dormir, já que para eles, dormir em Vegas é perda de tempo.

Eu optei em me jogar e entrar de cabeça no tema. Me dei ao luxo de ficar em um hotel 4 estrelas, com extravagância moderada, o The Mirage. Super bem localizado, no meio da Strip e onde fica o espetáculo que eu mais esperava assistir em Las Vegas, o Love, do Cirque du Soleil.

Hotel The Mirage | Las Vegas

O quarto

Como éramos em três, um casal e eu sozinho, reservamos dois quartos. Eles são tão gigantes que poderíamos ter reservado somente um, já que em cada quarto tem duas camas queen size de casal. Mas a diferença entre a diária para dois quartos para até duas pessoas e um quarto para três era tão pequena, que compensava pelo conforto e privacidade. No último dia, como nosso voo era às 23h, para economizar uma diária, fiz checkout do meu quarto pela manhã e levei minhas coisas para o outro quarto.

Hotel The Mirage | Las Vegas

Além das duas camas gigantes, o quarto tinha TV LCD, mesa e cadeira para usar o computador com conexão à internet via cabo ou wi-fi, já inclusos na taxa adicional diária e obrigatória de 25 dólares. Eles chamam de “resort fee“.

The Mirage | A TV

Se você é daqueles que gostam de chegar no hotel e desfazer as malas, o quarto tem um armário e uma cômoda bacana, com espaço de sobra para guardar tudo. Não abre mão de roupa passada? No armário tem também tábua e ferro de passar.

The Mirage | Os Armários

O banheiro é espaçoso, bem equipado e com uma ótima ducha: relaxante e quentinha.

The Mirage | O banheiro

Agora se em hotéis não tão luxuosos, o frigobar já têm preços astronômicos, imagine no Mirage. Uma água de 750ml custa a bagatela de 8 doletas. Sim, oito! Por isso,  passe longe dele e evite, INCLUSIVE, tocar nos produtos. Explico o motivo: O frigobar é automático. O simples fato de você tirar o produto do lugar, já aciona um sensor que irá debitar o produto na sua conta. Tecnologia de ponta para pegar curiosos. Há!

The Mirage | O frigobar automático

Eu descobri isso depois de ter tirado uma miniatura de Bacardi que me custou 10 doletas. Com a garrafinha na mão é que li o alerta. Sai correndo para avisar meus amigos do quarto ao lado, mas já era tarde demais. Eles já tinham curiado TODAS as bebidas. Quando eu contei, o desespero tomou conta.

O que fazer? Passamos óleo de peroba na cara (não disponível no frigobar) e fomos no balcão da recepção explicar o little mistake. Escolhemos uma atendente que tinha cara de mais simpática (uma japa) e fomos nela. Explicamos, ela sorriu e abriu a conta do quarto na tela do computador. Gente, aquilo parecia uma lista de compras de final de mês. Sério! Que vergonha! Depois de um ctrl+a e um delete, ela disse que quando fossem repor o minibar, fariam uma auditoria. Se identificassem a ausência ou violação de algum produto, debitariam posteriormente. Ufa!

A vista do quarto

Na momento da reserva, você pode escolher se quer um quarto com vista para a Strip ou não, ou seja, se quer pagar mais caro ou não. Estávamos abertos a extravagâncias, mas nem tanto.  Não optamos pela vista. Da janela dos nossos quartos só víamos a piscina do hotel (que não experimentamos, mas que parecia ser muito boa) e o Caesars Palace com seu majestoso teatro, o Colosseum.

Quem opta pela vista, ainda pode assistir o espetáculo da erupção do vulcão do Mirage da janela do quarto. Falo dele adiante.

A vista do quarto | The Mirage

Quanto custa

O custo da hospedagem é composto da seguinte forma:

A diária propriamente dita, que no nosso caso, custou 140 dólares no sábado e terça e 80 dólares no domingo, segunda e quinta. Uma média de 104 dólares a diária. Não me perguntem qual a lógica da diferença tão grande entre elas.

Além disso, é cobrado uma taxa de 25 dólares por diária a título de resort fee. Um nome bonitinho que eles deram para justificar regalias como wi-fi liberado em todo o hotel.

Em cima disso tudo, ainda tem uma taxa de serviços de 12%.

Resumindo: 104 + 25 + 12% (15.48) =  144,48 dólares por quarto para até duas pessoas. Nada mal, não?

Atrações

Como todo hotel de luxo em Las Vegas, o Mirage também tem suas atrações. E todas elas são abertas a qualquer pessoa, independente se seja hóspede ou não.

Vulcão

Tem quem não ache graça alguma e tem quem ache fantástico. Eu achei bacana. É exagerado, faraônico… Sim! Mas é como tudo em Las Vegas. Sons de tambores, sapos, grilos, labaredas de fogo e água que chegam a três metros de altura e com efeitos de luz que passam uma sensação absurda de realidade. O espetáculo dura no máximo cinco minutos e acontece todos os dias, de hora em hora entre 19 e 23h.

Cassino

Máquinas de caça níquel, mesas de poker e afins é o que não falta no Mirage. Aliás, em qualquer hotel ou lugar de Las Vegas. Não experimentei nenhum. Não gosto e não sei jogar. E já havia matado a minha curiosidade quando estive em um cassino em Isla Margarita, na Venezuela, há quase 10 anos.

Lounge Revolution

Se you say you want a revolution, este é o lugar! Um bar temático que leva o nome da música e a marca dos Beatles. É imponente e de brilhar os olhos. Se você é um beatlemaníaco, tem a obrigação de tomar uns bons brinks (de 12 a 15 dólares em média) nesse lugar psicodélico, ao som de DJ’s tocando remixes de músicas dos anos 70, 80 e 90 e, claro, dos Beatles.

Ok, você não bebe. Aproveite então para tirar uma foto sentado em uma das letras de um gigante REVOLUTION (visto de fora) ou LOVE (visto de dentro) que compõe a decoração do ambiente.

The Mirage | Revolution Lounge | The Beatles

Cirque du Soleil

E no Mirage existe também um dos espetáculos fixos do Cirque du Soleil em Las Vegas, o Love, dos Beatles. Está em cartaz há 5 anos, com a realização de mais de 3 mil apresentações. Falarei dele em um post específico, mas não existe qualquer condição especial para aquisição de tickets se você é um hóspede do Mirage. Sua única vantagem será a de poder sair do quarto do hotel faltando cinco minutos para o início do espetáculo. 😉

Cirque du Soleil | The Mirage

Beatles Store

Yeah! Nada de cassinos. Se você é beatlemaníaco, esse é lugar onde você vai perder muito dinheiro. Ao lado da entrada do Cirque du Soleil, existe uma Beatles Store com uma infinidades de beatles souvernirs, de todos os preços para todos os gostos. E assim como na Beatles Store, em Londres, aqui eu parecia pinto no lixo. Fui várias vezes e nunca sai sem uma sacolinha na mão. 😛

Beatles Store | Cirque du Soleil | Mirage | Las Vegas

Restaurantes

Há várias opções gastronômicas, para todos os gostos e bolsos. Japonesa (o Japonais), chinesa (o FIN), italiana (o Onda) e até um restaurante brasileiro (o Samba).

Mas basicamente só experimentamos o California Pizza Kitchen. Era o que tinha o preço mais atrativo. Em média de 20 a 30 dólares por pessoa. E, claro, o Starbucks para o café-da-manhã. A fila enorme já começa a se formar logo cedo, com o pessoal que vira a noite na farra e precisa de um café forte pra segurar a onda durante o dia.

Informações Adicionais

– Chegamos as 10h da manhã e o check-in teoricamente só seria possível após as 15h. Mas eles gentilmente permitiram que subíssemos de imediato para os quartos, sem nenhuma cobrança adicional. Ponto pra eles!

– O check-out pode ser feito de várias formas, pela TV do quarto, pela internet ou simplesmente deixando a chave (um cartão) juntamente com um envelope que eles fornecem com a informação do número do quarto em uma urna na saída dos elevadores. Eles irão fazer todas as conferências e debitar no cartão de crédito informado no check-in. Simples, não? 🙂

– Passear pelo saguão do hotel para sentir o cheiro da flores frescas que são trocadas diariamente, ver o aquário gigante na recepção e tirar fotos na cabine telefônica londrina na entrada do hotel, também são atividades obrigatórias para quem visita o Mirage.

– Quer saber como organizei essa viagem a Las Vegas? Não deixe de ler este post.

– Andar de ônibus em Las Vegas é muito fácil. Quer saber como? Não deixe de ler este post.

– Quer saber como são as baladas em Las Vegas? Não deixe de ler este post.

– Quer saber a minha experiência em um bate-e-volta de Las Vegas ao Grand Canyon para um bike tour? Não deixe de ler este post.

– Já se hospedou no Mirage ou em qualquer outro hotel de luxo em Las Vegas? Conta pra gente sua experiência ai na caixinha de comentários. 😉


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog

 

13 Comentários para "Hospedando no The Mirage em Las Vegas"

  1. Aleide disse:

    Olá,

    Adorei o blog de vocês. Também sou uma apaixonada por viagens e escrevo sobre isso no meu blog: http://tralhadarede.blogspot.com.br.

    Gostaria muito de divulga-los lá e, quem sabe, ser divulgada aqui. Podemos conversar mais também sobre fazer parceria, projetos juntos. Que tal?

    Meu e-mail pessoal: aleide@gmail.com.

    Parabéns!

    Aleide – Tralha da Rede.

  2. Tullio Demasi disse:

    Vou para Vegas em janeiro de 2014, e ficarei no Mirage. Escolhi o hotel pela localização e por ter o Dolphin Trainer for a Day, que minha filha quer fazer, no Secret Garden.
    Mas tinha muitas dúvidas, quanto às taxas, frigobar, descontos para hóspedes no show Love, etc.
    Adorei seu site, e especialmente esse post. Já está nos favoritos, e recomendarei aos amigos. Esclareceu quase todas as minhas dúvidas.
    Obrigado.

    • Marcelo Lemos disse:

      Oi Tullio!
      Que legal o seu depoimento. Fico feliz de ter ajudado a esclarecer suas dúvidas. Será um grande incentivo para que eu termine de escrever todos os posts que ainda faltam sobre essa viagem. Quem sabe ainda não venha mais dicas antes da sua viagem em janeiro? 🙂 Obrigado pela visita!

  3. Marco Milanez disse:

    Olá.
    Gostei muito do seu blog e principalmente da dica do frigobar, pois com certeza iria passar pela mesma situação, pois já reservei minha estadia no Mirage do dia 25/3/14 a 28/3/14.
    Minha dúvida é em relação ao uso da piscina, jacuzzis e dos Spas. Eles estão inclusos na taxa de resort que eles cobram, ou ainda precisamos pagar a parte? Nessa época esta aberta?
    Obrigado.

    • Marcelo Lemos disse:

      Marco,
      sim.. eu não usei, mas sei que está tudo incluso.
      E nessa época o calor já está forte, acredito sim que estejam abertas.
      Mas o ideal seria você tirar essa duvida com o pessoal do hotel mesmo.
      Obrigado pela visita.

  4. Marcelo, mais uma vez parabéns pelo blog, muito bom mesmo, vc sabe dizer se quem vai pra jogar no cassino do hotel consegue as diárias na faixa, já vi isso em filmes, kkkk, e já ouvi comentários que rola isso? Abraços.

    • Marcelo Lemos disse:

      Alexandre, eu só vi em filmes também.
      Mas você sabe que as diárias desses hotéis são meio que subsidiadas pelos cassinos, né?
      Sob essa perspectiva, podemos considerar que qualquer diária tem uma grande parcela de gratuidade 🙂

      Obrigado pela visita!

  5. Monica Alves disse:

    Alexandre amei seus relatos!

    Vou viajar em Agosto /14 e estou estudando ficar no Mirage,vou reservar pela decolar,que já vem imposto e taxa,será que mesmo assim terei que pagar essa taxa de U$25 por dia?

    • Marcelo Lemos disse:

      Monica,
      eu reservei pelo Booking, e todo o pagamento (diárias e taxas) foi feito no checkin no hotel e não no ato da reserva.
      Não sei como trabalha o Decolar. Você terá que perguntar a eles se a taxa “resort fee” está inclusa no valor total.

  6. Felippe disse:

    Fico pensando, se em vegas tivesse tanto terremoto quanto tem aqui na California, toda manhã todos os produtos do frigo bar seriam debitados…hahaha
    não gostei muito desse esqueminha ai, mas parece um hotel legal, mas ainda acho o Luxor mais legal ainda, aquela piramide XD

  7. Max Furrier disse:

    Prezado Marcelo,
    Basei-me muito em seu blog para ir a Las Vegas e vou passar algumas informações adicionais para futuros turistas. Fiquei hospedado num hotel na Fremont Downtown buscando preços melhores e confiando no transporte público. Bom, minha estadia não foi boa, mas o transporte público funciona muito bem. Na realidade, tanto a Fremont como a Boulevard cansam até a alma. Preços exorbitantes, hotéis que cobram tudo extra, restaurantes caros e prostituição. A Boulevard vale para um passeio a pé de dia e outro a noite. No demais, vale MUITO pelos espetáculos e pela vida noturna. O que me aconteceu de diferente e vou relatar agora. Por causa de um atraso no voo da Copa Air de 15h fui alojado num hotel 5* que atende a tripulação da Copa. Fantástica essa experiência, porque os preços são absurdamente baixos e esses bons hotéis, que atendem executivos e tripulantes, ficam distantes da Boulevard, mas eles têm transporte próprio a cada 2h para a Bolulevard. Saí para conhecer a Las Vegas que está fora da Boulevard e me encantei. Passei uma tarde maravilhosa num bar TOP, sem turistas, onde a cerveja de 500 ml custava USD 3 enquanto que na boulevard uma long neck USD 10. Comi um salmão maravilhoso por USD 14 contra uma cachorro quente muito meia boca, na Fremont, por USD 4. Resumindo, é uma opção excelente ficar num hotel 5* ou 4* fora da Boulevard e solicitar o transporte do próprio hotel. Sua estadia vai ficar de duas a três vezes mais barata e sem o stress de todo o dia ficar circulando na Boulevard. Está aí uma outra opção! Abraço!

  8. Fernando Mello disse:

    Oi Marcelo, boa noite!

    Gostaria muito de levar minha família para Las Vegas, porém não sei falar nada de inglês e eles também não. O que você me sugere para que eu possa ir?
    Boa noite e parabéns pelo seu blog!

    • Oi, Fernando. Para viagem, todo mundo ajuda. Os profissionais que trabalham com turismo estão acostumados a lidar com estrangeiros que não dominam o idioma. E o que você mais encontra nos EUA é brasileiro ou latino que fala um portunhol. Se você se sente muito inseguro, vá de excursão ou convide um amigo que domine melhor o idioma.

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório