Do aeroporto de Bérgamo para o centro de Milão

Ao pesquisar passagens de Budapeste para Milão, uma se destacava pelo preço: apenas R$181 o trecho por pessoa com a opção de despachar a mala de 20kg. A companhia aérea era a Ryanair, mas como já desfrutei muito das vantagens econômicas, mas também das mazelas dessa low cost, já fui logo verificando as opções de traslado dos aeroportos de onde o voo sairia e onde pousaria.No caso de Budapeste era tranquilo, pois a cidade só tem um aeroporto e para chegar lá, não há complicação.

Mas em Milão a aeronave pousaria na verdade em Bérgamo, cidade que fica a 100km de Milão. É longe, mas bem descomplicado chegar ou sair de lá. Na porta do aeroporto, há inúmeros ônibus saindo a cada minuto com destino à Estação Central de Milão. Cada trecho custa 5 euros por pessoa ou 9 euros se for o caso de comprar o de ida e volta juntos.
 
 
Tem ônibus de diferentes companhias saindo o tempo todo, então não há necessidade de comprar o ticket com antecedência, pois é vendido na porta do bus ou mesmo dentro da aeronave. A viagem dura aproximadamente 1 hora, pouco mais que o trem de Malpensa para a mesma Estação Central e que custa em média 11 euros. Então não vi desvantagem em descer em Bérgamo. Achei que valeu a pena.
 

Só uma observação. Na verdade um alerta! Ao comprar uma passagem com a Ryanair, lembre-se de fazer o check-in online e com antecedência (pode ser feito a partir de 60 dias antes da data de embarque), porque essa cia aérea inventa de tudo para arrancar seu rico dinheirinho.

A última é que o check in não pode ser feito no aeroporto e nem online se tiver faltando apenas 2 horas para seu voo. Se chegar no aeroporto sem check in IMPRESSO, você tem que pagar uma multa que chega a inaceitável cifra de 50 libras (mas você já aceitou ao assinalar a caixinha concordando com os termos e condições da empresa). Ou seja, fica esperto ou o barato pode sair caro.
 
Agora, se fizer questão de um táxi de Bérgamo para o Centro de Milão, o luxo vai te custar 120 euros.
 
Cupom de Desconto | Seguro Viagem com 20% de desconto

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Pingback: Planejando o roteiro pelo Leste Europeu: Viena, Budapeste e Bratislava | Across the Universe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *