Pousada das Araras: Conhecendo nossa história através de pinturas rupestres

Em meados de outubro fui conhecer a Pousada das Araras, localizada no município goiano de Serranópolis. Ela já estava na minha lista há vários meses. E o motivo? É no interior da propriedade onde estão cavernas com várias pinturas rupestres, tema que gosto muito.

O local é considerado como um dos mais importantes sítios arqueológicos que evidenciam a ocupação humana no Cerrado e tem pinturas que datam de 11.000 anos antes do presente e é protegido na forma de Reserva Particular do Patrimônio Natural.

O município de Serranópolis está localizado a 377 km da capital do Estado de Goiás e é repleto de atrativos de ecoturismo, incluindo grutas e cachoeiras. Do centro da cidade até a pousada é preciso percorrer 36 km (16,4 km de estrada de chão). Optamos pelo day use, no qual você pode passar o dia usufruindo dos atrativos da pousada sem se hospedar. Mas os chalés me pareceram tão aconchegantes, que a ideia de passar um final de semana é bem convidativa.

As visitas até a caverna são guiadas e ocorrem duas vezes por dia (às 10h e às 15h). O acompanhamento de um guia, geralmente da pousada, é obrigatório. Quando fomos, Maykil, filho da proprietária, foi quem nos acompanhou. Foi ótimo.

Escolhemos o horário da manhã, quando a temperatura estava amena. A trilha foi bem tranquila de fazer, com cerca de 2 km ida e volta e de percurso todo plano. Além das pinturas, tem dois mirantes com uma vista sensacional.

O guia nos explicou que as pinturas sobrepostas observadas no paredão foram feitas em períodos diferentes e por grupos humanos distintos e foi possível identificar desenhos de répteis, macacos, algo parecido com algum tipo de calendário, pés e as araras, que deram nome à propriedade. É muito legal. A visita guiada durou cerca de 1h30.

Depois da trilha, fomos almoçar. Ivana, a proprietária da pousada, é quem comanda a cozinha e a comida farta é servida no próprio fogão à lenha. Uma delícia. Quem estiver só passando o dia e quiser almoçar, deve agendar com antecedência.

A surpresa do dia foi saber que na propriedade também tem um aquário natural fantástico que gerou fotos incríveis.

Para acessar é preciso percorrer mais 300m por uma trilha bem estruturada.

O aquário fica dentro da floresta. A dica é visitar entre 12h e 14h, que é quando o sol incide diretamente sobre ele e o azul fica sensacional.

No total, pagamos R$40 para a entrada, R$30 para o guia e R$35,00 para o almoço sem bebidas. Super recomendo esse programinha diferente e a oportunidade de conhecer aspectos diferentes sobre a história da nossa ocupação.

Já conhece a Pousada das Araras? Conta para gente quais foram suas impressões.

Pacotes All Inclusive - Com tudo incluso é muito mais gostoso!
Compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *