Liverpool: Um roteiro bate e volta para beatlemaníacos

Elaborei um roteiro pensando nos turistas beatlemaníacos que vão a Liverpool em um bate e volta a partir de Londres e querem aproveitar ao máximo o seu tempo. Ele contempla o tour da National Trust, o Beatles’ Childhood Homes Tour, que leva você para conhecer as casas onde John Lennon e Paul McCartney viveram até 1963. Esse é o único tour que permite que você entre nas duas casas. O Magical Mistery Tour é o passeio mais clichezão de todos, mas ele é excelente para você ver vários beatles spots em uma só tacada, como a Penny Lane, Strawberry Field, as casas onde viveram todos os beatles (incluindo a do Brian Epstein), o Beatles Story, um museu/exposição temático contando a história dos Beatles e, por último, claro, a região do Carvern Quarter (Mathew Street), onde estão o Cavern Club, os pubs The Grapes e Whitestar, a famosa estátua de John Lennon, o Hards Days Night Hotel, uma Beatles Shop, a estátua de Eleanor Rigby e várias outras atrações.

Esse roteiro tem duas premissas. Você deverá sair muito cedo de Londres, nos trens  das 05h26m ou 06h35m da manhã, e voltar no trem das 20h48, chegando por volta das 23h45m, a tempo de pegar o metrô em funcionamento.

Os tickets do trem você pode comprar pelo site da Trainline. Se comprado com antecedência custam em média £ 80. E você pode comprar do Brasil mesmo e retirar o bilhete em qualquer máquina de emissão de tickets de qualquer estação, bastando que você tenha em mãos o cartão de crédito utilizado na compra. O processo é super simples e não leva mais que dois minutos.

Bate-e-volta em Liverpool | Tickets e Lime Street Station

Saindo de Londres de trem (ou de qualquer parte da Inglaterra), você vai  chegar em Liverpool pela Lime Street Station (ponto A no mapa). Se saiu no trem das 05h26m, irá chegar por volta de 08h05m. Como o primeiro compromisso sugerido nesse roteiro será as 10h, o tempo é mais do que suficiente. Se saiu no trem das 06h36m chegará por volta de 09h10m. Um pouco apertado, mas ainda sim viável. Só não se esqueça que os britânicos são extremamente pontuais.

O roteiro

Saindo da Lime Street Station, você vai a pé (uma caminhada de 1500m) para a Albert Dock (ponto B no mapa), de onde partem os passeios da National Trust e o Magical Mistery Tour e também onde está o Beatles Story. Se achou distante para ir a pé, pode ir de bike. Aqui neste post eu conto como usar o serviço de locação pública de bicicletas de Liverpool. Você pode pegar na saída da estação e devolver no Albert Dock.

A pé ou de bike você irá seguir as placas que estão por todos os lugares na região central de Liverpool com os principais pontos turísticos. Elas informam até os minutos que você levará caminhando até o destino. Saindo da estação você já irá encontrar uma. Inclusive a foto abaixo foi de uma placa que tirei na porta da estação.

Liverpool | Placa com orientação turística

10:00 – National Trust: Beatles’ Childhood Homes Tour

Esse é o primeiro compromisso do roteiro, as 10h da manhã. É o tour que permite você visitar o interior das casas onde viveram os garotos John e Paul. Reserve pelo site o quanto antes! Como os grupos são de no máximo 15 pessoas, costuma lotar com antecedência.

Reservas: Site da National Trust
Valor: £ 22
Local de saída:
 Jurys Inn Hotel (ponto C no mapa), no Albert Dock. Ele fica um pouco escondido. Qualquer dúvida, peça informações sobre onde é este hotel no balcão de informações turísticas, logo na entrada da Albert Dock.

Liverpool | National Trust - Beatles’ Childhood Homes Tour

O retorno do passeio é por volta de 12h30m e eles te deixarão de volta no mesmo ponto de partida. Almoce ali mesmo nas várias opções de restaurantes e cafés do Albert Dock, já que o próximo compromisso parte dali também.

14:00 – Magical Mystery Tour

Reservas: Site do Cavern Club
Valor: £ 16.95 (inclui também entrada no Cavern Club)
Local de saída:
 Albert Dock (ponto D no mapa). Você irá ver o ônibus nada discreto de longe. Liverpool | Magical Mistery Tour

Você deve voltar por volta de 16h. O tour vai terminar no Carvern Quarter (Mathew Street), mas aguente firme e volte pro Albert Dock para ir ao Beatles Story, que fica aberto até as 19h, mas eles só deixam entrar até as 17h.

16:30 – Beatles Story

Ingressos: Na própria bilheteria
Valor: £ 12.95 (adulto) ou  £ 9.50 (estudante – aceitam carteirinhas emitidas no Brasil)
Local:
 Albert Dock (ponto E no mapa).
Horário de funcionamento: 09h as 19h (só admitem entradas até as 17h)

Liverpool | Beatles Story

Aqui você ficará no mínimo 2h pra fazer todo o circuito e morrer em algumas libras no Beatles Shop ou para tomar um café na Starbucks. Se fizer isso, não deixe de dar aquela trolada nos atendentes que nunca entendem o seu nome verdadeiro e assuma a identidade de algum beatle. 😀

Trolando a Starbucks | I'm a Beatle

19:00 – Cavern Quarter (Mathew Street)

Saindo do Beatles Story, você já pode ir para o Cavern Quarter (ponto F no mapa), tirar uma foto ao lado da estátua do John, curtir um show no Cavern Club e beber uma pint (ou várias) nos pubs The Grapes e White Star. Não esqueça de ficar mais pobre na Beatles Shop (juntinha do Hards Days Night Hotel) e visitar a solitária estátua da Eleanor Rigby (ponto G no mapa).

Liverpool | Mathew Street

Roteiro alternativo

Está achando o roteiro apertado? Tenho uma sugestão:

Se você não se importar com o tour guiado no interior das casas de John e Paul, considerando que o passeio do Magical Mistery Tour já contempla a visita, mesmo que só por fora, você pode retirar o passeio da National Trust do roteiro, adaptando-o da seguinte forma:

10h – Beatles Story

13h – Almoço

14h – Magical Mistery Tour (último grupo do dia)
* saídas alternativas: 10h30m – 11h30m – 13h

16h – Cavern Quarter – Mathew Street e arredores (o ônibus do Magical Mistery Tour já vai te deixar nela)

Sobrou tempo?

Na volta para a Lime Street Station, você pode dar uma passada no Adelphi Hotel (ponto I no mapa) e no Empire Theatre (ponto J no mapa).

O Adelphi foi o hotel onde os Beatles, já famosos e impossibilitados de dormir com tranquilidade em suas próprias casas, se hospedavam quando iam a Liverpool. Hoje é nesse hotel que acontece boa parte dos eventos da Beatles Week, festival promovido anualmente em agosto e que transforma a cidade para receber turistas beatlemaníacos do mundo todo com várias homenagens ao fab four.

Já o Empire Theatre é um teatro onde os Beatles se apresentaram por diversas vezes, desde a época dos The QuarrymenJohnny and the Moondogs.

E ai, gostou do roteiro? Tem sugestões que podem melhorá-lo? Conta pra gente ai na caixinha de comentários. 😉

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Muito massa esse roteiro! Guio um passeio sobre os guris em Londres e vou começar a indicar esse roteiro pra eles quando me pedirem sugestão pra ir a Liverpool. 🙂 Parabéns! 😀

    • Oi Rafael!
      Esse roteiro nasceu de um que fiz para uma amiga que só tinha tempo para um bate-volta. Ele acabou virando um post. 🙂
      Vivi 30 dias em Liverpool e tive tempo para fazer vários outros beatles tours. Depois quero montar outros roteiros alternativos, principalmente para quem tiver mais tempo para explorar a cidade.
      Obrigado pela visita! 😉

  2. Léa
    06 jan 2015

    olá!
    gostei muito das informações me ajudou bastante. Gostaria de uma dica pra uma visita de 2 dias e 1 noite em Liverpool. Valeu!

    • Léa,
      você pode deixar o passeio menos apertado, cumprindo esse roteiro alternativo que eu menciono no post e jogando o tour da National Trust para o segundo dia pela manhã.
      Na noite do primeiro dia, aproveite para fazer um pub crawl e conhecer alguns dos vários pubs da cidade. A noite em Liverpool é agitadíssima. Você pode começar pelo Cavern Club, o The Grapes e o White Star, todos os três nas imediações na Mathew Street.

      Para o segundo dia você pode também incluir passeios “não beatles” como visitar o Museu da Escravidão e o Museu Marítimo. Ambos ficam no mesmo prédio na Albert Dock.

      Espero ter ajudado. 😉

      • Léa
        06 jan 2015

        Ajudou sim! Você tem alguma dica de hotel por lá? tipo beatles experience mesmo? entrei no site do Hard days night mas não achei tudo aquilo e também muito caro. abraço! 🙂

    • Léa,
      já cogitou o Adelphi Hotel? É esse que menciono nos últimos parágrafos do post. Creio que este seja a melhor alternativa para uma hospedagem “Beatles Experience” 🙂

  3. Alessandra
    21 mar 2016

    Estou tentando comprar os ingressos no site da National Trust e não consigo, já comprei o trem, o museu e o Magical Mistery, vc saberia me dizer se existe algum outro local que eu possa efetuar a compra?

    • Oi Alessandra!
      O que está ocorrendo?
      Eu simulei uma compra aqui e fui até o fim, sem maiores problemas.

  4. Tayná Lopes
    18 jul 2016

    Esses passeios e locais têm guia em português?

    • Tayná, o Magical Mistery Tour não tem essa opção.

      No Beatles’ Childhood Homes Tour eles só te entregam uma pasta com o roteiro passo-a-passo e detalhado da visita em várias linguas, inclusive o português.

      O melhorzinho é no Beatles Story, cujo áudio guia (aqueles equipamentos individuais com fone de ouvido) já tem a opção do Português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *