Intercâmbio para aprender inglês: que tal o Canadá?

Aí você resolveu que finalmente vai se dedicar a aprender inglês e decide fazer um intercâmbio. Resta saber aonde vai. Eu já vivi isso duas vezes: na primeira optei por Londres, na Inglaterra, porque eu queria aproveitar o ano sabático (14 meses, na verdade) para dar aquela explorada na Europa, viajando para todos os cantos, sempre pagando pouco. Na segunda vez, quando eu tinha apenas um mês de férias, optei pelo Canadá.

Bandeira do Canadá

Por que o Canadá?

Realmente no Canadá não há todas aquelas opções de viagens que costumam permear os sonhos de 10 em cada 10 mochileiros que procuram a Europa. As atrações no Canadá são reduzidas se comparadas com as do continente europeu, estão bem espalhadas e os preços não são tão convidativos para aqueles que costumam viajar com orçamento de estudante (ou mochileiro). Mas em compensação há inúmeras outras vantagens. Saiba quais:

Receptividade

Primeira coisa que me impressionou no Canadá foi a receptividade dos canadenses. Bem diferente daquela grosseria dos americanos ou da frieza dos ingleses, por exemplo. Eles são extremamente simpáticos e agradáveis. E é uma coisa bem diferente. Não é aquela simpatia de quem quer ser seu amigo só porque você é brasileiro e costumeiramente é tratado como mico de circo. É uma simpatia sincera.

Intercâmbio no Canadá (2)

Eles realmente gostam de ser educados e agradáveis, embora uma professora canadense tenha me dito que a relação deles com estrangeiros é extremamente rasa. Não tive tempo o suficiente para conferir. De qualquer forma, mesmo não sabendo detalhes, já fui informada de que o processo para obtenção de cidadania é um dos menos complicados. O que mostra que eles estão realmente de braços abertos à imigrantes.

Permissão para trabalhar

Essa era uma super vantagem da Inglaterra que já não existe mais. Para quem está com a grana curta e pretende passar muito tempo (afinal, não dá para aprender inglês da noite para o dia), é difícil viver em um outro país apenas com economias ou às custas dos pais. O ideal é trabalhar ao menos para se sustentar. No Canadá é possível estudar e trabalhar com o Work Permit.

Intercâmbio no Canadá (4)

País bilíngue

São dois idiomas oficiais no Canadá: o inglês e o francês. Dependendo da cidade, um idioma é mais usado que o outro. Em Vancouver o inglês é mais forte, mas ainda assim, tudo é traduzido para o francês. Mesmo que a sua intenção não seja aprender francês, você acaba aprendendo um pouco, pois vê tudo sinalizado sempre nos dois idiomas. Nas escolas, também há combinação de cursos de inglês e francês.

Sotaque

Os canadenses têm um sotaque neutro e bem articulado, de fácil entendimento.

Qualidade do ensino

As escolas e principalmente as universidades canadenses têm um nível de qualidade reconhecido mundialmente e, em geral, os preços não são mais elevados por esse motivo. Em alguns casos, as escolas são até mais baratas.

Segurança

País de primeiro mundo, tranquilo e para onde os pais podem mandar os filhos sem medo de grandes incidentes. Para se ter uma ideia do grau de tranquilidade, não é comum ver policiais em cada esquina como em Nova York, por exemplo.

Intercâmbio no Canadá (6)

Eficiência do transporte público

Você pode dizer “vai destacar até isso?”. Sim! Para quem tem pouco tempo no local isso faz toda a diferença para conseguir aproveitar bem. Nesse post aqui eu expliquei como funciona bem o serviço de transporte deles. E o legal é que também é totalmente viável usar carro alugado ou pegar táxi. Não correrá o risco de ficar congestionado nem mesmo de ir a falência. O trânsito é organizado e o táxi cobra preços justos.

Mas… optando pelo Canadá, eu vou para Vancouver ou Toronto?

Ao escolher o Canadá, surge outra dúvida: Vancouver ou Toronto? Antes de decidir, conversei com algumas pessoas que conheciam o país e li diversos blogs. O que mais me chamou a atenção foi a seguinte comparação: Toronto é São Paulo. Vancouver é Rio de Janeiro. Em resumo é bem isso mesmo. Toronto é uma cidade mais executiva. Vancouver é uma cidade litorânea e isso já basta. Tendo isso em mente e o que realmente gostaria de viver por lá, com certeza você saberá tomar a melhor decisão.

Intercâmbio no Canadá (1)

Esse é o primeiro post da série “Estudando no Canadá”. Acompanhe e saiba mais sobre o processo de escolha da escola, da acomodação, os gastos médios, como tirar o visto, a melhor época para ir e outros detalhes.

Mas e você, já passou por essa experiência de estudar inglês no Canadá? Optou por Vancouver, Toronto ou nenhuma das duas? Conta pra gente! 😉


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog


Cupom de 15% de desconto no Seguro Viagem

2 Comentários para "Intercâmbio para aprender inglês: que tal o Canadá?"

  1. Mariana Carboni disse:

    OLá, dia 08 de agosto embarco para o Canadá, vou fazer um curso de idiomas no periodo de três meses. Confesso que sempre quis conhecer Toronto, mas ai uma amiga disse porque eu não iria para Vancouver; eis que surgiu a grande dúvida, comecei desde então a pesquisar tudo sobre Toronto e Vancouver, realmente, Vancouver é maravilhosa, ela foi escolhida 🙂
    Estou bastante ansiosa com a minha primeira viagem, e sempre tive este sonho, então espero que ela seja inesquecível!

    • Oi, Mariana… que maravilha. Eu amei Vancouver… você não vai se arrepender. É uma cidade fascinante, apaixonante. Depois volte aqui e conte um pouco da sua experiência para gente!! Boa viagem!

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório