Uma viagem gastronômica pelo Chile

Quer saber muito sobre um lugar de destino? Analise suas panelas! A comida de cada local é, com certeza, um dos maiores indícios de que você vai gostar (ou não) de determinado lugar. Ok, existem exceções e, também, aquele ditado de que gosto é igual braço, cada um tem de um jeito. Enfim… gosto muito de observar e degustar iguarias que são a cara de determinado país ou região. Foi assim no Chile, por exemplo.

O Chile tem a peculiaridade de ser um país alto e magro, como diriam as “pérolas do Enem”. O que quer dizer que a variação latitudinal pode ser uma vantagem para o aparecimento de paisagens, animais, costumes e, sim, pratos típicos variados, conforme a oferta de produtos regionais.

Como minha passagem pelo país foi apenas em uma breve viagem, acabei passando por Santiago (onde estabelecemos nossa base), com bate-voltas para Valparaíso, Viña del Mar e Valle Nevado/Los Farellones (aquele circuito básico). Espero mostrar o básico do que pude provar nesse miolo – claro, com uma vontade imensa de peregrinar rumo ao sul na Patagônia para minha próxima viagem àquele país. Quem sabe?!

Quero comer o Chile! | Renan Rigo

* Com esse post iniciamos a série Quero comer o Chile!“, com as “belezas” gastronômicas deste país pelo paladar do Renan Rigo, amigo jornalista e empresário, idealizador do Say Hello to Brazil. Se liga nas dicas exclusivas que ele preparou para gente. 

Confira todos os posts:

As bebidas e os aperitivos

As comidas do Pacífico e da Patagônia

Restaurante Chez Gerald em Viña Del Mar

Seguro Viagem com 35% de desconto - Cupom de Desconto Black November

Compartilhe este artigo!

Comentários

  1. Pingback: Quero comer o Chile! As bebidas e os aperitivos

  2. Pingback: Quero comer o Chile! As comidas do Pacífico e da Patagônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *