Como funciona o Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes

Conheci Tiradentes em Agosto de 2015, numa rota não planejada, voltando para casa após uma viagem com amigas ao Ibitipoca, Minas Gerais. Tínhamos mais alguns dias de férias, vimos a placa da cidade e resolvemos dar uma passadinha.

Turismo em Tiradentes

O que não sabíamos era que estava começando mais uma edição de um dos mais tradicionais festivais gastronômicos do Brasil. Achamos tão charmosa a combinação da cidade histórica com a gastronomia que resolvemos ficar uma noite para desfrutar do festival.

Igrejas de Tiradentes

Só tivemos ideia da magnitude do evento quando fomos procurar um hotel na cidade e estavam todos lotados. Depois de muita procura, porém, finalmente achamos um quarto disponível numa ótima localização.

Queijo mineiro

Em 2015, foi estimado um público de 40 mil pessoas em duas semanas de atrações. O evento se concentrou em dois principais pontos próximos entre si, os Largos das Forras e a pracinha da rodoviária e recebeu chefes estreladíssimos, além de uma programação cultural impecável.

Aulas durante festival gastronômico de Tiradentes

Os visitantes podiam participar de cursos, aulas ao vivo e degustações gratuitas, além de comprar comidas de grandes chefes de várias regiões do Brasil distribuídas em quiosques. Além disso, vários restaurantes nativos desenvolveram pratos especialmente para o festival, incluindo jantares harmonizados ou lanches rápidos.

Frutas e verduras em Minas Gerais

Pão de queijo recheado com queijo minas, presunto de Parma, rúcula e tomate servido com azeite de manjericão e banana chips do ‘Na Venda Pão de Queijaria’.

Pão de queijo recheado e banana chips

Excursões diárias foram organizadas para visitar produtores da região, no chamado roteiro gastronômico. O Festival de Cultura e Gastronomia nos surpreendeu tanto que a gente resolveu estender nossa estadia por mais dois dias.

Pratos servidos no festival gastronômico de Tiradentes

E no ano de 2017 nos programamos para ir novamente. O tema da 20ª Edição foi comida mineira. O que posso dizer? Esse festival é mesmo sensacional. Notamos que o evento se tornou maior desde 2015 e muito mais organizado, se dividindo entre três principais locais (além do SENAC onde são ministrados alguns cursos).

Aula de culinária no Festival de Gastronomia de Tiradentes

Dois deles receberam palcos com programações culturais diárias e bem diversificadas. Muito mais quiosques de comida estavam disponíveis e a praça da rodoviária continua sendo a mais disputada e cheia de gente linda e elegante se interagindo.

Público do Festival de Gastronomia de Tiradentes

As excursões para fazendas produtivas mineiras ainda fazem parte da programação. É realmente um festival muito legal e para todos, já que a diversidade de pratos e preços é imensa.

Risoto do Festival Gastronômico de Tiradentes

O festival ocorre geralmente na segunda quinzena de agosto e é assinado pelo Projeto Fartura, responsável por outros festivais de gastronomia pelo Brasil e que tem como objetivo principal incentivar a cadeia produtiva local.

Público do Festival de Gastronomia de Tiradentes

A dica é reservar a data na agenda e ir conferir, procurem fechar o hotel com antecedência e tentem se hospedar no centro para que os deslocamentos sejam todos a pé, já que o trânsito durante o evento é terrível. Eu adorei a atmosfera do festival,vale a pena colocar no roteiro.

Pratos servidos durante o Festival Gastronômico de Tiradentes

Já participou de alguma edição do Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes? Tem alguma dica para compartilhar com a gente? Deixe aqui nos comentários!

Cupom de Desconto | Seguro Viagem com 20% de desconto
Compartilhe este artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *