Quero comer o Chile! O cachorro quente de guacamole

Se você vai a Santiago no Chile, muito provavelmente visitará a Cordilheira dos Andes. A cidade é abraçada pela cadeia de montanhas, o que dá um charme mais que especial ao lugar, e quando você começar a andar pela parte norte da cidade próxima aos bairros modernos de Vitacura e Las Condes, vai ver que as montanhas estão mesmo bem ali, vizinhas à cidade.

Se vai fazer um bate e volta como a gente, em um mesmo dia, é legal comer algo leve antes de pegar a estrada, tendo em vista a série de curvas para subir até os picos próximos. Ficamos com o café da manhã do hotel Panamericano e fizemos uma parada estratégica em uma farmácia para comprar remédio pra enjôo (precaução) e filtro solar (mesmo frio a insolação é alta). De lá partimos para a cordilheira, que mesmo fora de temporada (era novembro), ainda apresentava um pouquinho de neve.

Começamos pelo mais alto – o Valle Nevado e seu centro de esqui. No entanto, a hora da bóia mesmo só veio mais abaixo com uma paradinha estratégica em Los Farellones num restaurante bem aconchegante (vazio pela baixa temporada), a Posada Los Farellones – que tinha um cachorro muito lindo na porta (eles são lindos e estão por toda a parte!).

Cachorros em Santiago | Eles são lindos e estão por toda parte

Eles são lindos e estão por toda parte!

O menu não agradou todos que estavam na excursão à cordilheira, mas o nosso foi certinho. Pedi Salmón Farellones (claro que ia pedir uma coisa com sabor local), que consistia em Salmão com risoto de cogumelos e molho de vinho Sauvignon Blanc. Bem bom e o valor bem modesto.

Culinária Chilena | Salmon Farellones na Cordilheira

De lá voltamos à capital a tempo ainda de um lanchinho. E como mais típico para encerrar a viagem escolhemos uma iguaria simples, não muito convencional, mas deliciosa: cachorro quente com molho não de tomate, mas sim de guacamole! Que? Pois é, essa eu tinha visto em uma dica antes circulando pela internet, mas não é de ver que o negócio se mostrou delicioso?! As opções são muitas (tem sim o tradicional, sem a meleca verde por cima), mas o molho à base de abacate e condimentos orna muito bem com a salsicha e o pão.

Culinária Chilena | Cachorro Quente com Guacamole

O Cachorro Quente com Guacamole por Marta Jackson (flickr.com/photos/mysteryship)

Repetimos? Sim ou claro? E obviamente, a viagem em si só nos deixou com água na boca para voltarmos ao país. Com toda certeza ainda há muita coisa a se experimentar!

* Esse post encerra a série Quero comer o Chile!“, onde Renan Rigo (amigo jornalista e empresário, idealizador do Say Hello to Brazil) apresentou as “belezas” gastronômicas deste país de acordo com seu paladar.

Confira os outros posts:

Uma viagem gastronômica pelo Chile

As bebidas e os aperitivos 

As comidas do Pacífico e da Patagônia

Restaurante Chez Gerald em Viña Del Mar


Siga o Across the Universe no Twitter: @acrosstheblog

no Instagram: @acrosstheblog

e curta a nossa fanpage no Facebook: facebook.com/acrosstheblog

 

2 Comentários para "Quero comer o Chile! O cachorro quente de guacamole"

  1. rafael cordeiro disse:

    Pode parecer uma pergunta estupida, mas la vai. Qual o gosto de guacamole? é bom?

Deixe seu Comentário

Não deixe de ler a nossa Política de Comentários.**






* Campos de preenchimento obrigatório